UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

14/01/2010 - 13h31

Pedágio na Castello Branco sairá mais em conta a partir de domingo

SÃO PAULO - Os valores de pedágio praticados na rodovia Castello Branco ficarão até 57% mais baratos a partir da zero hora do próximo domingo (17).  Segundo a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), a redução faz parte do projeto Cebolão da Castello, viabilizado pelo Programa de Concessões Rodoviárias do governo do estado paulista para ser executado pela concessionária ViaOeste.

De acordo com a Agência, o projeto inclui uma nova ponte, que dá acesso à pista local da marginal do Tietê e construção de novos trevos de acesso. As obras ficaram prontas no último dia 6 e a Agência liberou a redução das tarifas nas praças dos municípios de Osasco, Barueri e Itapevi.

Em Osasco e em Barueri ocorreram as maiores reduções, de 57%, com o valor passando de R$ 6,50 para R$ 2,80. Já a taxa cobrada na praça do município de Itapevi, sofreu redução de 50%, com a tarifa saindo de R$ 11,20 para R$ 5,60.

Pistas expressas terão cobrança

Apesar da queda dos valores cobrados na rodovia, o projeto Cebolão da Castello também prevê extensão da cobrança para as pistas expressas, na altura de Osasco e Barueri (Alphaville). A ideia, segundo a Artesp é equilibrar a cobrança. Para a agência, com o pedágio sendo estendido a todos os usuários, haverá uma diminuição dos valores de maneira geral.

Antes de adotar essas medidas, a Artesp realizou uma pesquisa entre os usuários e verificou que 82% dos entrevistados foram favoráveis à redução e à extensão das tarifas, uma vez que, com a conclusão das obras, a fluidez aumentou na rodovia.

Ao todo, foram gastos R$ 242 milhões para a conclusão das obras, que devem beneficiar 2,5 milhões de pessoas. Somente no corredor rodoviário, do qual faz parte a rodovia Castello Branco, já foi destinado R$ 1,3 bilhão em obras de ampliação e modernização da malha.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host