UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/01/2010 - 16h06

Crise e gripe A fizeram com que turismo internacional caísse 4% em 2009

SÃO PAULO – Em tempos incertos, deixar a viagem de lado é uma das primeiras atitudes adotadas pelos consumidores, a fim de não comprometer o orçamento. Foi exatamente isso que fez com que o turismo internacional registrasse queda de 4% em 2009. De acordo com a Organização Mundial do Turismo, a crise financeira internacional abalou o setor no ano passado.

Os motivos para a queda, porém, não se resumiram à crise. Como não bastasse, a gripe A (H1N1) também fez com que os turistas deixassem as viagens internacionais para depois, principalmente nos primeiros três trimestres de 2009, que registraram perdas de até 6%, segundo a organização.

Passado o pior da crise e da gripe, os turistas voltaram a viajar nos três últimos meses do ano passado, fazendo com que o turismo internacional registrasse aumento de 2% - diminuindo o resultado negativo do ano. Ao todo, 880 milhões de pessoas viajaram em 2009.

Regiões mais afetadas

O estudo revela ainda que, exceto na África – onde será realizada a Copa do Mundo neste ano -, todas as outras regiões do globo registraram resultados negativos no turismo internacional no ano passado. As viagens rumo ao continente africano registraram aumento de 5%, frente a 2008.

Já as viagens em direção à Europa caíram 6% em 2009. O resultado foi estimulado, principalmente, pelo desempenho do primeiro semestre, que registrou queda de 10%. Países da Ásia apresentaram resultado melhor no segundo semestre (+3%), após queda de 7% no primeiro semestre do ano passado, fechando o ano com recuo de 2% nas atividades turísticas em 2009.

O mesmo ocorreu nos países do Oriente Médio, que registraram bons resultados na segunda metade do ano, mas insuficientes para recuperar as perdas registradas entre janeiro e junho, fazendo com que 2009 fechasse com queda de 6%.

O continente americano foi um dos mais afetados pela gripe A e também pela crise financeira internacional; por conta disso, registrou resultados negativos ao longo do ano passado, fechando o ano com recuo de 5%.

2010 será melhor

Este ano será um ano de transformações para o turismo. Após um ano de turbulência econômica, que afetou fortemente o turismo internacional, e uma gripe que deixou muita gente em casa, a Organização Mundial do Turismo espera um crescimento entre 3% e 4% para 2010.

Apesar do cenário ruim do ano passado, as expectativas para este ano são boas. Segundo o estudo, os continentes europeu e americano devem apresentar crescimento moderado do turismo internacional, ao passo que em países do continente africano a alta deve ser maior, por conta da Copa do Mundo, que será realizada neste ano na África do Sul.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host