UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/01/2010 - 07h32

Corretora reformula carteira recomendada para terceira semana do ano

SÃO PAULO - A Ativa Corretora divulgou seu portfólio de ações recomendadas para a terceira semana de janeiro. Todos os papéis recomendados pela corretora na semana anterior foram alterados.

Ainda em relação à última semana, as sugestões da Ativa tiveram um desempenho acima do que foi visto pelo Ibovespa. "Entre as ações que compunham a carteira, Pão de Açúcar foi o principal destaque, seguida por CSN e Cyrela, que apresentaram performances superiores ao índice", afirmaram os analistas.

Importante ainda destacar que todas as ações sugeridas para esta semana estão com seus preços-alvo em revisão.

Conheça as ações recomendadas para esta semana:

Empresa Código
Rossi
 
RSID3
AES Tietê GETI4
Itaú Unibanco ITUB4
BR Malls
 
BRML3
Randon
 
RAPT4

Rossi (RSID3)

Além do seu mix de vendas voltado para o público de baixa e média renda, os analistas da Ativa enxergam nos papéis da Rossi uma opção de investimento atrativa também por conta de seus múltiplos, que encontram-se baixos em relação à média das grandes incorporadoras. "Acreditamos que o desconto em relação às 'peers' é injustificado, tendo em vista seu potencial de crescimento e porte".

AES Tietê (GETI4)

A companhia possui características defensivas como destaque, tendo um fluxo de dividendos significativo e uma geração futura de caixa estável e previsível. Além disso, a AES Tietê também conta com múltiplos em desconto em relação ao restante do setor, o que pode constituir uma oportunidade no curto prazo.

Itaú Unibanco (ITUB4)

Os bons resultados reportados no terceiro quarto de 2009 deverão ser tornar uma constante nos próximos trimestres, em meio a um cenário de inadimplência controlada, maior crescimento da carteira de crédito do banco e os ganhos de sinergia resultantes da integração entre as agências do Unibanco.

BR Malls (BRML3)

A corretora mantém um viés positivo para o setor de shopping centers, por conta do consumo doméstico aquecido, abertura de novas lojas, reajuste dos aluguéis e novos projetos "greenfield" (construções a partir do zero). Além disso, as ações da BR Malls sofreram forte realização na última semana, criando um bom ponto de entrada no investimento, ressalta a Ativa. Por fim, a companhia possui um caixa forte para aquisições.

Randon (RAPT4)

Esperando que a companhia se beneficie do aquecimento da atividade econômica nacional, tendo em vista a retomada na demanda por veículos pesados, os especialistas também destacam que os papéis da Randon "não acompanharam o setor de autopeças como um todo, criando boa oportunidade de entrada".

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host