UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/01/2010 - 09h36

Em 2009, clientes do Amapá e do Maranhão repassaram mais cheques sem fundos

SÃO PAULO - No ano passado, consumidores dos estados do Amapá e Maranhão ficaram no topo da lista quando o assunto é cheque devolvido por insuficiência de fundos. Por outro lado, São Paulo está na última posição do ranking, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundos referente a 2009, divulgado nesta quarta-feira (20).

O estudo revela que, nas unidades federativas que aparecem em primeiro e segundo lugares no ranking, o índice de cheques devolvidos entre os compensados chegou a 10,20% e 9,65%, respectivamente. Já os paulistas devolveram 1,64% do total de cheques passados.

Acima e abaixo da média

Ao todo, de janeiro a dezembro, 20 estados e o Distrito Federal tiveram índice de devolução de cheques acima da média nacional, que foi de 2,15%.

Ficaram abaixo do índice nacional as seguintes localidades: Mato Grosso do Sul (2,14%), Minas Gerais (2,02%), Paraná (1,97%), Santa Catarina (1,86%), Rio de Janeiro (1,73%) e São Paulo (1,64%).

Por regiões

No ano passado, a região Norte foi aquela onde houve maior índice de não-compensação de folhas por insuficiência de fundos: 4,95% dos cheques emitidos foram devolvidos. Em seguida aparecem Nordeste, Centro-Oeste, Sul e Sudeste, de acordo com a tabela abaixo:

Porcentual da Cheques devolvidos
Região Jan a outubro
Norte 4,95%
Nordeste 3,70%
Centro-Oeste 2,88%
Sul 2,05%
Sudeste 1,75%

Fonte: Serasa Experian

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host