UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/01/2010 - 14h58

Vendas do Tesouro Direto sobem 0,27% em 2009, para R$ 1,562 bilhão

SÃO PAULO - Nesta quarta-feira (20), foi divulgado o balanço do Tesouro Direto referente ao ano de 2009. No período, o volume financeiro vendido totalizou R$ 1,56 bilhão, valor 0,27% superior ao observado em igual período de 2008, o melhor resultado desde 2003.

Ainda no mesmo intervalo de tempo, a elevada demanda por títulos prefixados (LTN e NTN-F) ficou em evidência, com participação de 48,1%. Os títulos indexados ao IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), NTN-B e NTN-B Principal, ficaram em segundo lugar entre os mais vendidos na classificação geral, com participação de 38,9% no total das vendas.

Os títulos mais vendidos no ano foram as LTN, correspondendo a 28,5% das vendas.

Pré-fixados Volume Financeiro

(em R$ milhões)
Participação
LTN 445,85 28,53%
NTN-F 306,36 19,61%
Indexados à Taxa Selic Volume Financeiro

(em R$ milhões)
Participação
LFT 202,56 12,96%
Indexados ao IPCA Volume Financeiro

(em R$ milhões)
Participação
NTN-B 330,69 21,16%
NTN-B Principal 277,1 17,73%
Total 1.562,56 100%


O número de cadastrados também mostrou avanço, encerrando o ano com 174.658 investidores, ou seja, incremento de 19,7% sobre o acumulado total do ano anterior.

Avanço nos estoques

O estoque total do Tesouro Direto alcançou o valor de R$ 3,268 bilhões, o que representa um incremento de 32,9% sobre 2008. Os títulos com maior volume no estoque foram àqueles remunerados por índices de preços, cuja participação alcançou 46,11%.

Por fim, quanto às vendas de títulos por faixa de aplicação em 2009, as operações com valores até R$ 1 mil foram as mais expressivas, atingindo a participação de 28,2%.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host