UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/01/2010 - 18h41

Brascan atualiza projeções para Marcopolo, Duratex, Ideiasnet, ABnote e Totvs

SÃO PAULO – A Brascan Corretora atualizou as projeções e recomendações para as small caps Marcopolo, Duratex, Ideiasnet, ABnote e Totvs com o propósito de incluir novas premissas macroeconômicas, segundo o relatório da corretora.

Antes de apresentar os dados atualizados das empresas listadas acima, a corretora informa que alterou os parâmetros de taxa de desconto para cada empresa, buscando apresentar dados atualizados. “Neste âmbito, reduzimos a taxa livre de risco de 4,7% para 4,2% e o risco Brasil de 250 pontos-base para 225 pontos-base”, explicam.

Marcopolo (POMO4)

A empresa tem recomendação reduzida de ‘outperform’ (desempenho acima da média do mercado) para ‘market perform’ (desempenho na média do mercado) pela corretora. O novo preço-alvo a ação da empresa é de R$ 8,82 (abaixo do anterior de R$ 8,74).

A corretora tem perspectivas positivas para os resultados da empresa neste ano. Além disso, a Brascan incluiu o guidance da empresa nas projeções, no qual a receita deverá apresentar crescimento acima dos 25% em 2010, o que deverá representar uma alta de 3,4% na receita e 4,4% na produção ante os valores estimados anteriormente pela corretora.

Perspectivas

Para a Marcopolo, a Brascan espera uma recuperação da margem bruta e Ebitda (geração operacional de caixa) com base no lançamentos de novos ônibus rodoviários; uma elevação da participação destes, impulsionados pela prorrogação das concessões interestaduais e internacionais; e uma expectativa de maior produção.

Sendo assim, a corretora finaliza a análise da Marcopolo afirmando que o novo guidance para a empresa e uma diminuição no WACC (Weighted Average Cost of Capital - média ponderada para calcular o custo de capital) de 11,7% para 11,2% “compensaram o efeito negativo do real mais apreciado no preço-alvo”, comentam.


Totvs (TOTS3)

A recomendação da Totvs também foi rebaixada de ‘outperform’ para ‘market perform’, porém o preço-alvo é de R$ 132,29,maior que o anterior de R$ 123,22.

Os analistas da Brascan acreditam que “a boa performance operacional esperada já esteja em grande parte refletida nos preços das ações no mercado”. Eles ressaltam que as ações da Totvs tiveram valorização de 237,3% em um ano, ante uma alta de 74,75% do índice Ibovespa.

Perspectivas

A corretora acredita em um elevado crescimento da receita da empresa devido a um mercado potencial elevado, com baixa penetração no segmento de pequenas e médias empresas – mercado onde a Totvs mais atua.

“Destacamos ainda como pontos que poderão impulsionar os resultados: o baixo nível de alavancagem das pequenas e médias empresas; o Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) e a demanda cada vez maior das companhias por otimização de custos e aumento da produtividade”, comentam.

A Brascan ainda ressalta uma provável expansão da receita líquida da empresa com uma melhora na margem Ebitda, provenientes de ganhos de escala e sinergias advindas das aquisições. Somado a isto, as projeções também absorvem as reduções da receita líquida de despesas com pesquisas e desenvolvimento e custos das taxas de licenciamento, também foram consideradas nas projeções da corretora. Com as novas premissas de taxa livre de risco e risco-país, a Brascan reduziu o WACC da Totvs de 14,0% para 13,3%.


Duratex (DTEX3)

Em linha com a Totvs, a recomendação para a Duratex também foi rebaixada, porém de ‘market perform’ para ‘underperform’. O novo preço-alvo para a ação da empresa é de R$ 18,34, acima do anterior (R$ 16,92).

Perspectivas

“Apesar de visualizarmos um cenário bastante positivo para a Duratex no ano de 2010, tanto em termos de volume de produção quanto em relação a preços, ressaltamos que nosso preço-alvo indica um upside bastante limitado, indicando que a melhora dos resultados da companhia já esteja em grande parte precificada pelo mercado”, explica a Brascan.

Com as novas premissas de taxa livre de risco e risco-país, a Brascan reduziu o WACC da Duratex de 13,0% para 12,5%.


Ideiasnet (IDNT3)

Para a Ideiasnet, a recomendação da Brascan é mantida como ‘outperform’, com preço-alvo alterado para R$ 7,24.

Perspectivas

Para a Brascan, é esperado uma melhora nos próximos resultados trimestrais da Officer e da Softcorp, devido às “perspectivas positivas para o mercado de computadores em 2010”, afirmam. Em relação à Padtec, é esperado uma melhora na receita a partir deste ano, em decorrência do novo contrato assinado com a Oi para o fornecimento de WDM.

Como informado no relatório da corretora, “vale mencionar que eventos como o IPO (Initial Public Offering ou Oferta Inicial de Ações) da Officer ou Padtec e o anúncio de desinvestimento de alguma das empresas do portfólio, que demonstre valor aos acionistas, poderá contribuir para impulsionar as ações da companhia”.

Com as novas premissas de taxa livre de risco e risco-país, a Brascan reduziu o WACC da Ideiasnet de 13,5% para 12,9%.


ABnote (ABNB3)

A Brascan também reitera a manutenção da recomendação ‘outperform’ para a ABnote. O preço-alvo atual da ação da empresa é de R$ 27,19 (o anterior era R$ 25,32).

Perspectivas

Para a empresa, a corretora espera uma performance positiva em relação aos resultados nos segmentos de cartões e sistemas de identificação. “Já no segmento de serviços gráficos, esperamos uma melhora gradual nos resultados, após os problemas operacionais apresentados no segundo trimestre de 2009”, finalizam os analistas da Brascan.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host