UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

29/01/2010 - 08h31

Dinheiro é importante para 56% dos jovens, mas não é o único fator de sucesso

SÃO PAULO – Assuntos ligados à vida financeira não interessam apenas aos adultos. Jovens com idade entre 11 e 16 anos também se interessam pelo tema e consideram o dinheiro como muito importante.

De acordo com a pesquisa “Identidade. Qual é a sua?”, realizada no primeiro semestre do ano passado pelo Portal Educacional com 1.406 estudantes do Ensino Fundamental e Médio, de 18 estados brasileiros, 56% afirmaram que o dinheiro é muito importante.

Em uma lista de 17 itens apresentada aos adolescentes, o dinheiro ficou na 12ª posição, atrás de itens como estar bem informado – que é algo muito importante para 83% dos jovens – ou ter seu espaço (85%).

Dinheiro não é tudo

Segundo o estudo, 95% dos adolescentes pesquisados consideram que vencer na vida é algo muito importante. “Vencer na vida parece ser um conjunto de diversos fatores, que incluem independência financeira, realização profissional e algo mais subjetivo, ligado a sucesso e felicidade”, explica a psicóloga responsável pela análise das pesquisa, Andréia Schmidt.

“Os dados relacionados à importância dada ao dinheiro pelos participantes são interessantes”, explica, ao afirmar que, no confronto entre os dados, a pesquisa revela que, para os adolescentes ouvidos, dinheiro não é tudo.

“Ao compararmos essa escolha com a percentagem de adolescentes que declararam que vencer na vida é algo muito importante, observa-se que ele não é visto como o principal ou único componente de sucesso”, diz Andréia.

O peso da idade

A pesquisa ainda revelou que a importância do dinheiro entre os adolescentes aumenta de acordo com a idade – quanto mais velhos, mais valor eles dão a esse item.

Dos entrevistados com menos de 11 anos, 25% consideraram o dinheiro muito importante. Entre os jovens com idade de 11 a 13 anos, o dinheiro é visto como importante por 52% dos participantes. Na faixa etária que compreende os jovens com idade entre 14 e 16 anos, 70% acreditam que dinheiro é importante.

“Parece que o avanço da idade e o consequente aumento de gastos (e de demanda por consumo) faz com que dinheiro se torne um fator cada vez mais importante na vida desses adolescentes”, afirma Andréia.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host