UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

29/01/2010 - 14h12

Ocidentais são mais dispostos a pagar por itens exclusivos de artistas

SÃO PAULO – Os ocidentais são mais dispostos a pagar por itens exclusivos de suas bandas e cantores preferidos do que os fãs do Oriente.

A informação consta de um estudo elaborado pela Synovate, que entrevistou fãs de 13 países, incluindo o Brasil, para saber seus hábitos de compra, quando o assunto é música.

Dentre os itens que os consumidores estariam mais dispostos a pagar mais estão shows particulares, acesso exclusivo para MP3 e conteúdo exclusivo na internet.

Para se ter uma ideia, 70% dos fãs norte-americanos, por exemplo, pagariam para receber alerta de shows, 67%, para ter acesso a áreas restritas na página eletrônica da celebridade e 33% fariam qualquer coisa para encontrar seu artista favorito. Por outro lado este percentual é de apenas 7% entre os fãs da China, de Hong Kong e da Hungria, por exemplo.

Shows

No Brasil, ainda segundo a pesquisa, a disponibilidade de pagar por exclusividade é menor, mas a paixão do brasileiro pela música é a maior dentre os países pesquisados. Enquanto 14% dos fãs de todo mundo dizem que ouviriam música o dia inteiro, se pudessem, no Brasil, esse índice sobe para 49%.

Se os brasileiros não pagariam tanto por exclusividade, os gastos com shows são altos. Desde novembro do ano passado, uma dezena de músicos internacionais fizeram shows pelo Brasil, o que fez com que os fãs desembolsassem uma boa quantia de dinheiro, já que, em média,  os preços dos ingressos variam entre R$ 40 e R$ 500, sem contar gasolina, estacionamento, comidas e bebidas.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host