UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

29/01/2010 - 12h21

Para 55%, integração do transporte público de SP é vantajosa para o bolso

SÃO PAULO – A integração do transporte público da capital paulista é considerada por 92% dos paulistanos como medida importante para a população. E um dos motivos que levam a maioria a acreditar que o sistema é vantajoso é o impacto que exerce sobre o orçamento doméstico.

De acordo com pesquisa realizada pela Toledo&Associados, a pedido da ANTP (Associação Nacional do Transporte Público), 55% dos 2.352 entrevistados acreditam que a grande vantagem do sistema é a economia. A velocidade também é vista como fator importante por 13% dos entrevistados.

Economia

A integração possibilita que os paulistanos que utilizam mais de um meio de transporte paguem menos no final das contas. É possível ao usuário fazer até quatro viagens pagando R$ 4. O valor refere-se ao bilhete integração que permite uma viagem de trem ou metrô e as demais no sistema de ônibus municipal.

Além dele, os paulistanos já se acostumaram com o bilhete único. Partindo do sistema metro-ferroviário (trem ou metrô), são debitados R$ 2,55 do cartão. Quando o usuário faz uma viagem de ônibus, são debitados mais R$ 1,45. Depois, ele pode embarcar em outros dois ônibus, em um período de três horas, sem pagar tarifa adicional.

Se tivesse de pagar em dinheiro, o paulistano gastaria, ao final, R$ 10,65 por uma viagem de trem ou metrô e três de ônibus. Nesse caso, a economia foi de quase 63%, ou de R$ 6,65 por dia. Ao final de 22 dias úteis, o paulistano terá economizado R$ 146,3.

Outras vantagens

Além da economia, a pesquisa constatou que a abrangência da integração também é considerada como uma vantagem pelos paulistanos – 12% deles afirmam que é mais fácil se deslocar com o sistema e 10% consideram o fato de o sistema atender um número maior de pessoas uma vantagem.

A baldeação e a segurança também são apontadas como vantagens por 6% e 4% dos entrevistados, respectivamente.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host