UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

29/01/2010 - 10h42

Paulistanos acreditam que tarifa do transporte público está pesando no orçamento

SÃO PAULO – Os gastos dos paulistanos com transporte público estão pesando no orçamento do final do mês. De acordo com pesquisa, o valor das tarifas de praticamente todos os transportes públicos da cidade está caro em relação à renda do usuário.

A Toledo&Associados, a pedido da ANTP (Associação Nacional do Transporte Público), ouviu 1.330 pessoas na capital paulista e outras 1.022 nos demais municípios da região metropolitana de São Paulo, e constatou que houve melhora dessa avaliação entre 2008 e 2009.

De acordo com o levantamento, mais de 40% dos entrevistados consideram o transporte público caro para o que recebe no final do mês. Segmentando a análise, verifica-se que esse percentual refere-se aos usuários do Expresso Tiradentes.

Por outro lado, as maiores reclamações partem dos usuários de ônibus metropolitanos: 77% deles acreditam que a tarifa está elevada em relação à renda.

Metrô, ônibus e trem

Considerando os meios de transporte mais utilizados pelos paulistanos – ônibus municipal, trem e metrô – os usuários dos ônibus são os mais descontentes: 63% acreditam que a tarifa está pesando no orçamento. Cabe ressaltar que a pesquisa foi realizada antes de janeiro, quando a passagem aumentou de R$ 2,30 para R$ 2,70.

Os usuários dos trens da CPTM também acreditam que a tarifa de R$ 2,55 está cara, levando em conta a renda. De acordo com a pesquisa, 62% dos entrevistados têm essa percepção. Em 2008, contudo, 70% consideravam os preços caros.

Os entrevistados também acreditam que a tarifa do metrô, também de R$ 2,55, está cara demais: 57% têm essa percepção contra 61% de 2008.

Outros meios de transporte

A pesquisa também avaliou a percepção dos usuários sobre o preço das passagens de outros meios de transporte e verificou que 57% dos entrevistados acreditam que os valores dos ônibus nos corredores da capital paulista estão altos em relação ao que ganham.

Os paulistanos também não estão contentes com as tarifas dos ônibus municipal de outras cidades, já que 76% consideram o valor caro. Considerando os microônibus que circulam na capital, 61% têm a mesma percepção.

Avaliação

Apesar das reclamações sobre as tarifas, os paulistanos demonstraram estar mais satisfeitos com o transporte público da cidade, na comparação com a avaliação de 2008. Segundo a pesquisa, o metrô recebeu a melhor avaliação: 82% dos entrevistados consideram o meio excelente ou bom – mesmo percentual verificado no ano anterior.

Já com relação aos ônibus municipais, 50% têm a mesma opinião – um aumento de 10 pontos percentuais em relação à avaliação de 2008, quando 40% dos entrevistados acreditavam que os ônibus eram excelentes ou bons.

Também houve melhora na avaliação dos trens da CPTM: 50% dos usuários consideraram o transporte excelente ou bom, contra 48% verificados em 2008.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host