UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

29/01/2010 - 18h20

Paulistas ganharão mais uma oferta de banda larga com mensalidade de R$ 29,80

SÃO PAULO – O programa que permitirá oferecer banda larga aos paulistas com custo máximo de R$ 29,80 ao mês incluirá mais uma operadora. A Telefônica assinou nesta sexta-feira (29) o termo de adesão ao programa Banda larga Popular, do Governo do estado de São Paulo.

A partir de 24 de fevereiro, a operadora oferecerá o serviço, que terá velocidade de 256 kbps (kilobits por segundo). A mensalidade, R$ 29,80, já inclui modem, instalação e provedor gratuito. Segundo a companhia, a  instalação está sujeita à disponibilidade técnica na região e em cada domicílio.

Barreira econômica

“Acreditamos que a nossa adesão ao programa do Governo do Estado ampliará as possibilidades de atingirmos nosso objetivo, chegando a todas as classes sociais, inclusive às famílias que acabam de adquirir o primeiro computador”, afirmou o presidente do Grupo Telefônica no Brasil, Antonio Carlos Valente.

Inicialmente, o plano popular da Telefônica atenderá a capital paulista e algumas regiões do Grande ABC. Ao longo de 2010, a operadora pretende expandir para o interior do estado.

“Ao instituir a isenção do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para a Banda Larga Popular, o governo paulista remove uma importante barreira econômica no acesso da população ao serviço”, acrescento Valente.

Programa

A operadora NET foi a primeira a lançar, em dezembro, um plano adequado às especificações exigidas pelo governo estadual para o programa Banda Larga Popular. Pela NET, a velocidade pode variar entre 200 Kbps e 1 Mbps (megabits por segundo).

Os participantes do programa não pagam taxa de habilitação nem multa de cancelamento. Apenas pessoas físicas podem contratá-la e há a limitação de um endereço por CPF. Os consumidores interessados devem procurar as operadoras de serviço de acesso à internet.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host