UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/02/2010 - 16h30

Com forte retomada, 2009 é segundo melhor ano da década para hedge funds

SÃO PAULO – O ano de 2008 foi o pior da história para a indústria global de hedge funds, que serviu como bode expiatório para o mercado financeiro. Entretanto, em 2009, o cenário mudou: prova disso é que três índices que acompanham os hedge funds registraram ganhos de pelo menos 18% no ano, evidenciando a recuperação dessa indústria.

Apesar do fluxo negativo de capital de US$ 131 bilhões acumulado no ano, o dinheiro que permaneceu aplicado em hedge funds aparentemente foi bem usado, afirma Matthew Scott, colunista do Daily Finance. Com o rali dos mercados de ações e maior agressividade dos investidores, os hedge funds tiveram o segundo melhor ano da década.

Assim, depois de perdas de mais de US$ 461 bilhões entre 2007 e 2008, a indústria global de hedge funds fechou 2009 com ativos de US$ 1,6 trilhão – um avanço de US$ 193 bilhões frente a 2008, mas ainda menor do que o pico de US$ 1,86 trilhão visto em 2007.

Índices

Os índices que acompanham a indústria mostram a recuperação do segmento. O Hedge Fund Research Weighed Composite Index avançou 20,1% no ano, enquanto o Morningstar 1000 Hedge Fund Index subiu 19,5% no período. Já o Credit Suisse Tremont Index teve ganhos de quase 19% no ano, demonstrando que os gestores de hedge funds conseguiram implementar estratégias que substituíram com sucesso os fluxos negativos e proporcionar crescimento das carteiras.

Segundo Nadia Papagiannis, estrategista de investimentos alternativos na Morningstar, os hedge funds que sobreviveram à crise em 2008 (ou surgiram desde então) escolheram ativos extremamente desvalorizados e acompanharam a sua recuperação até níveis de lucros recordes, em especial nos mercados de renda variável e débito dos EUA.

Assim, o rali de ações visto no ano passado ajudou muitos hedge funds a recuperar ativos perdidos em 2008. O Credit Suisse estima que 83% de todos os fundos em seu índice tiveram um desempenho positivo no ano e 77% recuperaram suas perdas.

Estratégia

Segundo o presidente do Hedge Fund Research, Kenneth J. Heinz, muitas das estratégias usadas pelos hedge funds sem sucesso em 2008 tiveram bom desempenho em 2009. Da mesma maneira, a Morningstar explica que estratégias de ações com hedge, que foram prejudicadas pela falta de liquidez em 2008, decolaram com o retorno da liquidez no ano passado.

Para Heinz, a indústria também foi beneficiada por sua capacidade de se adaptar ao comportamento do investidor, oferecendo exposições mais especializadas, termos modificados e maior transparência. “O ‘mundo secreto’ dos hedge funds se transformou em um ambiente em que a transparência é o padrão institucional”, afirma.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host