UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

09/02/2010 - 11h48

Custo de vida em SP acelera em janeiro e atinge maior taxa desde 2003

SÃO PAULO - O ICV (Índice de Custo de Vida) da cidade de São Paulo apresentou variação de 1,72% em janeiro, atingindo a maior taxa desde janeiro de 2003, quando ficou em 2,92%.

Os dados, divulgados nesta terça-feira (9), fazem parte de levantamento mensal realizado pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

 

 

No acumulado dos últimos 12 meses - entre fevereiro de 2009 e janeiro de 2010 -, o índice avançou 5,11%.

Segmentos

De acordo com o Dieese, as grandes pressões inflacionárias do primeiro mês do ano partiram dos grupos Transportes (5,05%), Educação e Leitura (4,10%), Saúde (1,65%) e Alimentação (1,33%). Os grupos Vestuário e Equipamento Doméstico, por outro lado, registraram variação negativa no período, de 0,47% e 0,19%, nesta ordem.

De acordo com o Dieese, o aumento dos preços dos combustíveis (5,23%) e o reajuste da tarifa do ônibus municipal (17,39%) estimularam a alta do setor de Transportes, puxando, consequentemente, a alta do ICV.

No grupo Educação e Leitura, a elevação foi reflexo dos aumentos praticados pelos estabelecimentos de ensino nas mensalidades escolares (5,22%), com taxas que atingiram 7,29% no Ensino Fundamental.

Já no grupo Saúde, a elevação foi determinada pelo subgrupo assistência médica (2%), devido às correções aplicadas em seguros e convênios médicos (2,20%). Em Alimentos, a alta deve-se ao comportamento dos preços dos produtos in natura e semielaborados (1,91%), indústria de alimentação (0,34%) e alimentação fora do domicílio (1,84%).

Destaques em 12 meses

Em 12 meses, os destaques ficaram com Despesas Pessoais (9,91%), Transportes (8,51%) , Educação e Leitura (6,11%), e Habitação (5,53%).

Os grupos Alimentação (3,78%), Saúde (4,99%), Despesas Diversas (3,49%) e Recreação (1,95%) também registraram aumentos, porém, abaixo da média geral.

Já as taxas negativas foram detectadas nos grupos Vestuário (-1,93%) e Equipamento Doméstico (-2,02%).

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host