UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

10/02/2010 - 13h18

Gradual recomenda investimento em 14 ações até 17 de fevereiro

SÃO PAULO – A Gradual Investimentos divulgou nesta quarta-feira (10) sua carteira recomendada para o período de 10 a 17 de fevereiro. Para as próximas sessões, a corretora mantém uma postura “arrojada”, acreditando que números favoráveis da temporada de balanços corporativos do quarto trimestre deverão impulsionar uma nova alta do Ibovespa.

Os analistas da Gradual acreditam que nas próximas sessões a agenda corporativa voltará a atrair mais atenção dos investidores, aproveitando a redução de temores relacionados à saúde financeira de alguns países europeus, mais notadamente a Grécia.

Todavia, os analistas da Gradual recriminam o excessivo nervosismo dos mercados acerca dos problemas fiscais na Europa e afirmam que “o cenário atual não pode ser comparado à crise vivenciada no final de 2008, quando o próprio sistema financeiro internacional estava em xeque”.

A Gradual ainda revela a expectativa de que os países que passam por maiores dificuldades sejam ajudados pela União Europeia, que, como um todo, acaba tendo seus mercados abalados pela situação financeira em que economias periféricas se encontram.

Alterações no portfólio

Na carteira recomendada desta semana, a Gradual promove duas importantes alterações, que confirmam um perfil mais arrojado. A primeira delas refere-se à substituição de Tegma, uma small cap, por BMF&Bovespa, “uma blue chip de elevado beta e excelentes perspectivas para o ano".

Por fim, os analistas da corretora optaram por diminuir a alocação de Copasa de 10% para 5%, mesmo considerando o papel excessivamente descontado. No sentido contrário, o peso de Vale foi elevado de 10% para 15%, na expectativa de que, nesta sessão, a mineradora divulgue números favoráveis, o que colaboraria para sustentar a alta do papel.

Desempenho da carteira

A carteira da última semana acumulou prejuízo de 2,20%, ante desvalorização de 3,64% do Ibovespa. No ano, os portfólios recomendados pela Gradual somam queda de 1,31%, enquanto o Ibovespa registra variação negativa de 5,64%.

Empresa Código Preço-alvo Upside* Peso ajustado
Vale VALE5 Em revisão - 15%
BRMalls BRML3 R$ 27,77 26% 10%
Pão de Açucar  PCAR5 R$ 76,40 20% 10%
EzTec EZTC3 R$ 11,56 41% 10%
Banco do Brasil BBAS3 Em revisão - 10%
Copasa CSMG3    R$ 33,00    34%           5%
Brookfield BISA3 R$ 11,84 48% 5%
Light LIGT3 R$ 30,50 17% 5%
Petrobras PETR4 R$ 48,20 50% 5%
Cremer CREM3 Em revisão - 5%
BR Foods BRFS3 R$ 58,40 29% 5%
NET NETC4 R$ 29,50 35% 5%
BM&FBovespa BVMF3 Em revisão - 5%
Iguatemi IGTA3 R$ 43,78 51% 5%

*Potencial de valorização com base na cotação de fechamento do pregão de 9 de fevereiro de 2010

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host