UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

10/02/2010 - 08h59

Motoristas acreditam que pedágio urbano é uma das soluções para o trânsito

SÃO PAULO – Motoristas de quatro regiões metropolitanas do País não descartam a aplicação do pedágio urbano como solução de curto prazo para a redução dos congestionamentos.

O Núcleo de Infraestrutura e Logística da Fundação Dom Cabral realizou pesquisa com 800 motoristas de Porto Alegre, Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro, ao longo do primeiro semestre do ano passado, para constatar a percepção deles aos congestionamentos.

Perguntados sobre as soluções para o trânsito no curto prazo, 6% dos motoristas de Porto Alegre afirmaram que o pedágio urbano é uma delas. Em São Paulo, o percentual cai para 5% dos entrevistados.

Na capital carioca, 4% disseram que o pedágio no perímetro urbano seria uma das soluções, ao passo que em Belo Horizonte foi verificado o menor percentual - 2% acreditam que essa é a solução.

Longo prazo

O pedágio urbano também não foi descartado como medida de longo prazo para diminuir os congestionamentos nas cidades. Em Porto Alegre, São Paulo e Belo Horizonte, o percentual dos entrevistados que citam essa alternativa é o mesmo, de 4%.

Já entre os pesquisados do Rio de Janeiro, apenas 2% consideram a taxa urbana como solução de longo prazo.

Rodízio

O rodízio também foi apontado como uma solução tanto de curto como de longo prazo. De acordo com a pesquisa, 10% dos paulistanos consideram o rodízio como medida de curto prazo e apenas 4%, de longo prazo.

Dos entrevistados de Porto Alegre, 9% consideram o rodízio como uma solução para o congestionamento de curto prazo, ao passo que 4% acreditam que seja uma medida de longo prazo. Em Belo Horizonte, 7% acreditam que o rodízio é uma solução no curto prazo e 4%, no longo prazo.

No Rio de Janeiro, 4% dos pesquisados afirmaram que o rodízio é uma medida de curto prazo, ao passo que 3% a consideram como uma solução de longo prazo para os congestionamentos.

Outras soluções

Os entrevistados também citaram investimentos em transporte coletivo, mudanças de horário e restrição de circulação para veículos pesados como soluções de curto e longo prazo para a redução do trânsito.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host