UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/02/2010 - 11h30

Citi vê resultado da Vale decepcionante, mas continua otimista para ações

Infomoney

SÃO PAULO – Ao comentar os resultados divulgados pela Vale (VALE3; VALE5), o Citi afirmou que os números desapontaram, mas ressaltou como ponto positivo o aumento do preço do minério de ferro neste ano.

De acordo com relatório do banco, o Ebitda (geração operacional de caixa) anunciado pela mineradora (R$ 2,1 bilhões) no quarto trimestre veio 24% abaixo do consenso das projeções do mercado, de R$ 2,8 bilhões.

A equipe de research explica que o resultado  foi impacto pelo crescimento dos custos com extração do minério de ferro, que subiram 40% entre os terceiro e quarto trimestres do ano passado.

“Os gestores da Vale explicam o custo extra com a apreciação do real frente ao dólar e a preparação para operar à toda capacidade”, citam os analistas do Citi.

Otimismo

Apesar dos números desapontarem, o time do Citi mantém sua recomendação de compra para as ações da Vale. O banco projeta um preço-alvo de US$ 32,00 por ADR (American Depositary Receipts) da Vale, sendo que a cotação do fechamento de quarta-feira foi de US$ 26,20.

“A empresa é abençoada com os melhores ativos de minério de ferro do mundo e projetamos aumento de 50% para o preço do ferro nos próximos dois anos”, comenta.

Expectativa

Além disso, os analistas veem como positiva a declaração da mineradora de que, mesmo com a extração do minério em plena capacidade, a empresa afirma que vai continuar se esforçando para satisfazer a demanda de seus clientes.

“A Vale espera uma forte demanda da China em 2010, ao mesmo tempo em que estima que as exportações do minério de ferro indiano devem continuar caindo”, comentam declaração da mineradora.

 

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host