UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/02/2010 - 18h08

Compra de móveis planejados requer atenção redobrada

SÃO PAULO – Quem opta pela compra de móveis planejados quer, além de exclusividade, a garantia de um encaixe perfeito e de que não precisará se preocupar com estantes, armários e prateleiras por um bom tempo. Por isso, alertam especialistas, este tipo de aquisição requer atenção redobrada.

Segundo o gerente da Casa Marcineiro, Lúcio Antonio de Almeida Elias, os cuidados começam antes das compras.

“A primeira decisão é se a pessoa irá contratar um arquiteto ou tratar diretamente com o marceneiro ou uma loja especializada. Independentemente disso, é preciso pesquisar bem sobre os trabalhos anteriores destes profissionais, para saber se cumprem prazos, se os outros clientes estão satisfeitos e se saberão interpretar os desejos do consumidor”, diz.

Previna-se

Depois, de acordo com a assistente de direção da Fundação Procon-SP, Valéria Cunha, é importante que o consumidor exija uma cópia do croqui e que tudo que foi tratado esteja especificado de forma clara no contrato.

“O consumidor deve exigir que esteja no contrato o tipo de acabamento, a qualidade dos itens que serão incluídos no projeto, o prazo de entrega, enfim, todos os detalhes”, argumenta.

No caso de problemas, Valéria explica que a Lei determina 90 dias de garantia, independentemente de o consumidor ter comprado em uma loja ou de um marceneiro pessoa física.

“Para o CDC (Código de Defesa do Consumidor), fornecedor é quem fornece habitualmente, independentemente de ser pessoa física ou jurídica”.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host