UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/02/2010 - 14h16

Redução do IPI faz aumentar valor das dívidas em atraso dos brasileiros

SÃO PAULO – A redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para móveis e eletrodomésticos fez com que as dívidas em atraso dos brasileiros subissem de valor.

Em janeiro deste ano, o número de inadimplentes foi maior nas faixas com dívidas acima de R$ 100, que representaram 54% do total, segundo revelou o indicador da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e do SPC Brasil, divulgado nesta quinta-feira (11).

De acordo com os dados, com a redução do imposto, o governo facilitou a compra de artigos de maior valor agregado. Soma-se a isso o fato de começo de ano ser época de pagamento de matrículas escolares, IPTU e IPVA, bem como as contas de final de ano, “motivos que levam a estourar o orçamento”, segundo a CNDL e o SPC Brasil.

Valores

Segundo o levantamento, as dívidas acima de R$ 100 representaram a maioria em janeiro, mas, quando analisada cada faixa de valor individualmente, o destaque fica para aquelas com valor até R$ 50, que corresponderam a 24,71%, segundo a tabela abaixo:

Valor das dívidas em atraso
Faixa de valorRepresentatividade
Até R$ 50 24,71%
De R$ 50,01 a R$ 100 21,28%
De R$ 100,01 a R$ 250  23,46%
De R$ 250,01 a R$ 500  13,37%
Acima de R$ 500 17,18%

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host