UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/02/2010 - 10h54

Assistência internacional é importante para quem vai viajar ao exterior

SÃO PAULO – Contratar um seguro-viagem é extremamente importante para quem vai viajar ao exterior, alerta a CI, empresa especializada em intercâmbio e turismo jovem.

Esse tipo de seguro, dependendo da apólice contratada, pode proporcionar assistência médica, em caso de doença ou acidente, cobertura de gastos com medicamentos e serviços odontológicos, indenização suplementar à da companhia aérea, na hipótese de perda de bagagem, e auxílio, no caso de perda de documentos, serviços de localização e identificação de bagagens.

Além disso, há seguros que auxiliam com problemas jurídicos e até no traslado, em caso de morte.

Preços

A cobertura destes serviços varia de acordo com o plano escolhido, da mesma maneira que os preços são proporcionais ao tipo de assistência e ao tempo de duração da viagem.

Na CI, por exemplo, o Intercare, que garante proteção 24 horas, tem cobertura nos cinco continentes e atendimento em português, tem preços a partir de US$ 40.

Além das operadoras de turismo e dos agentes de viagens, as instituições financeiras oferecem boas opções destes serviços, muitas vezes atrelados ao próprio cartão de crédito.

Tratado de Schengen

Além de facilitar a vida de quem viaja para fora do país, garantindo uma estadia tranquila, a contratação de um seguro-viagem é obrigatória em alguns países da Europa. Este é o caso, por exemplo, dos países integrantes do espaço Schengen.

“Quem embarca para a França e Alemanha, por exemplo, deve estar munido dessa assistência com cobertura mínima de 30 mil euros, pois é uma das normas do Tratado de Schengen, do qual fazem parte outros 24 países europeus”, informa a gerente de turismo da CI, Cintia Gabriel.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host