UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/02/2010 - 13h58

Crédito habitacional da CEF mais que dobra em 2009 e atinge 77,3% do mercado

SÃO PAULO – A CEF (Caixa Econômica Federal) emprestou R$ 47,3 bilhões para a habitação em 2009, montante que representa mais que o dobro do que foi concedido no ano anterior.

Com o crescimento, a CEF atingiu uma participação nas operações de habitação do mercado de 77,3%, ante 69,3% em 2008.

O saldo da carteira habitacional do banco chegou ao montante de R$ 70,5 bilhões no ano passado, depois de apresentar um crescimento de 56,5% em relação ao ano anterior.

Financiamentos

O destaque no ano passado ficou com os financiamentos realizados com recursos da poupança, por meio do SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo), que apresentaram um aumento de 120,7% frente a 2008 e atingiram R$ 23 bilhões.

Já as linhas que usam recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) cresceram 61,8% em relação a 2008 e atingiram R$ 18,4 bilhões, com subsídios, no ano passado.

De acordo com a presidente do banco, Maria Fernanda Ramos Coelho, os resultados mostram a decisão estratégica da empresa de atuar com as menores taxas de juros do mercado, ampliar sua base de clientes e, com isso, expandir de forma sustentável suas operações de crédito, exercendo plenamente sua função de banco público.

Em relação ao programa Minha Casa, Minha Vida, de ajuda a famílias de baixa renda para a aquisição da casa própria, o banco foi responsável pela contratação de mais de 275 mil unidades habitacionais no ano passado.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host