UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/02/2010 - 16h42

Crise já passou, mas consumidores continuam economizando

SÃO PAULO – A crise econômica mundial praticamente já passou, segundo afirmam alguns analistas financeiros. Entretanto, os consumidores, especialmente os europeus, continuam economizando.

Segundo estudo realizado pela consultoria GfK, a maior parte dos europeus alterou hábitos de consumo em diversas frentes, com o objetivo de economizar no orçamento familiar.

Já entre os brasileiros, as alterações nos hábitos de compra foram menos intensas, por conta dos incentivos fiscais adotados pelo governo.

Mudanças

Dentre as principais alterações observadas no comportamento dos europeus, estão da compra e produtos alimentares e bebidas a preços mais baixos, principalmente na Alemanha, Holanda, Áustria e Itália, países onde quatro em cada dez consumidores adotaram tal medida.

A diminuição na compra de roupas e calçados foi outra alternativa encontrada para diminuir os gastos, sendo adota prioritariamente por russos (4%) e italianos (43%).

Ainda na avaliação dos consumidores europeus, a postergação da compra de bens duráveis também foi uma medida importante, sobretudo para russos (45%) e alemães (42%).

Brasil

Por aqui, apesar de menos intensa, a crise econômica deixou suas marcas no comportamento do consumidor, que, depois de setembro de 2008, se viu em meio a um cenário que há tempos não conhecia, o de retração, o que o fez priorizar a compra de bens essenciais. Além disso, o brasileiro percebeu que empréstimos estavam mais difíceis de serem conseguidos.

Por outro lado, com a volta do crédito e os incentivos fiscais adotados pelo governo, o consumidor, mesmo mais cauteloso, voltou a ficar mais confiante e voltou a comprar nos últimos meses do ano passado, em especial, bens de maior valor, como eletrodomésticos e automóveis.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host