UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/02/2010 - 14h57

Em busca de bons negócios, jovens famílias predominam em sites de classificados

SÃO PAULO – Os adultos mais jovens têm visitado com cada vez mais frequência sites de classificados, em busca de melhores oportunidades de negócio, como a compra ou venda de bens. Um estudo da consultoria comScore mostrou que as mulheres com idade entre 25 e 34 anos consomem aproximadamente 23% mais conteúdo de classificados on-line que a média dos usuários de internet brasileiros.

O segundo perfil de usuário mais frequente é o de homens entre 25 e 44 anos de idade, que visitam sites de classificados 20% mais vezes que o usuário padrão de internet.

“Essas tendências demográficas podem refletir uma taxa mais alta de utilização de classificados virtuais entre jovens famílias à procura de bons negócios”, afirmou o diretor administrativo da comScore no Brasil, Alex Banks.

Classificados no Brasil

O estudo da comScore mostrou que, em janeiro de 2010, quase 10,7 milhões de brasileiros com mais de 15 anos de idade visitaram sites de classificados a partir de casa ou do trabalho. Isso representa um crescimento de 53% em comparação com o ano passado e quase o triplo da taxa de crescimento da população virtual brasileira.

O site líder em classificados o País é o OLX, que alcança 30% dos usuários e registrou  no primeiro mês de 2010 5,7 milhões de visitantes – 137% a mais que no ano passado.

Em segundo lugar está o QueBarato, com 4,1 milhões de visitantes, seguido pelo Viva Street Classifieds, com quase 2 milhões. Completam o ranking o Zap.com.br (1,5 milhão), Anuntis Segundamano (1,5 milhão), TrovitBrasil (1,4 milhão), Ibiubi (1,1 milhão), Hagah (822 mil visitantes), Classificados-Brasil.com (458 mil) e Redeparede (451 mil).

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host