UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/02/2010 - 15h58

Saiba como economizar energia, mesmo com o fim do horário de verão

SÃO PAULO - O horário de verão termina a zero hora do próximo domingo, dia 21 de fevereiro, e, para muitos, isso é um sinal de aumento na conta de luz. Entretanto, com um pouco de atenção e alguns cuidados, é possível manter a conta no mesmo nível e não gastar mais no fim do mês.

Apagar as luzes de um cômodo que não está sendo utilizado ou desligar a TV que ninguém está vendo são algumas das atitudes que devem ser tomadas por quem não quer ver a conta de energia elétrica com aumentos excessivos, após o fim do horário de verão.

Aparelhos eletrônicos que ficam em stand-by, com a luz vermelha acesa indicando que estão prontos para entrar em funcionamento, também podem encarecer uma conta de luz em até 15%. Tirá-los da tomada pode ser uma boa atitude para o bolso.

Porém, essa medida não deve ser realizada com todos os equipamentos, já que retirar da tomada um aparelho que será usado novamente, em um curto período de tempo, pode prejudicar a vida útil dele.

Lâmpadas fluorescentes

No que diz respeito à iluminação, esta corresponde a 14% do consumo doméstico de energia elétrica do cidadão brasileiro. Sendo assim, substituir as lâmpadas incandescentes pelas fluorescentes também pode ajudar a economizar energia, mesmo fora do horário alternativo.

Segundo informa o especialista em iluminação da Golden, Leandro de Barros, com menor potência, a lâmpada fluorescente reduz o consumo de energia em até cinco vezes, com uma economia mensal de R$ 2,70 na conta de luz por ponto.

Além disso, elas duram até 750 horas por ano, o que equivale a oito anos de vida útil.

Geladeira e ar-condicionado

Segundo dados do Sindicato dos Eletricitários de São Paulo, outro grande consumidor de energia é a geladeira, respondendo por 30% de toda energia utilizada em uma casa.

Ao se diminuir o número de vezes em que se abre a porta da geladeira, não guardando alimentos quentes, verificando as condições da borracha de vedação e não secando roupas atrás do aparelho, entretanto, é possível diminuir os gastos no final do mês.

Por fim, de acordo com a Eletrobrás, entre os vilões da conta de luz, está o aparelho de ar-condicionado, responsável por 20% do consumo, ou mais, já que no verão seu uso aumenta consideravelmente, podendo representar um terço do valor da conta de energia elétrica.

Dessa forma, preste atenção às dicas para uso do ar-condicionado e evite o desperdício:

  • Dimensione adequadamente o aparelho para o tamanho do ambiente
  • Evite o frio excessivo, regulando o termostato
  • Desligue o aparelho, quando o ambiente estiver desocupado
  • Proteja a parte externa do aparelho da incidência do sol, sem bloquear as grades de ventilação
  • Mantenha janelas e portas fechadas, quando o aparelho estiver funcionando
  • Evite o calor do sol no ambiente e não tape a saída de ar do aparelho
  • Mantenha limpos os filtros do aparelho, para não prejudicar a circulação do ar

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host