UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/02/2010 - 09h18

Alimentos, transportes e educação caem e IPC-S desacelera

SÃO PAULO - O IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor Semanal) encerrou a segunda semana de fevereiro em 1,04%. Dessa forma, o índice registrou desaceleração de 0,29 ponto percentual frente à primeira semana do mês, quando atingiu 1,33%. Este é o primeiro recuo após seis semanas de alta.

De acordo com dados da FGV (Fundação Getulio Vargas), a queda foi influenciada, especialmente, pelos recuos dos grupos Educação, Leitura e Recreação (2,63% para 1,12%), queda de 1,51 ponto percentual; Transportes (3,81% para 3,13%), diminuição de 0,68 p.p.; e Alimentação (1,69% para 1,45%), diminuição de 0,24 p.p.

Os itens cursos formais (4,93% para 2,26%), tarifa de ônibus urbano (8,15% para 6,28%) e frutas (de 6,32% para 4,37%), respectivamente, determinaram as desacelerações dos grupos citados.

Os grupos Vestuário e Habitação também contribuíram para a queda do índice, passando, nesta ordem, de 0,01% para -0,23% e de 0,29% para 0,28%. Nestes casos, as principais quedas foram dos itens roupas (-0,14% para -0,38%) e mobiliário (-0,37% para -0,50%).

Na contramão

No que diz respeito aos grupos Saúde e Cuidados Pessoais (0,33% para 0,45%) e Despesas Diversas (0,45% para 0,52%), que também compõem o índice, estes apresentaram acelerações em seus preços.

As principais influências para tais resultados foram, nesta ordem, dos itens medicamentos em geral (0,07% para 0,24%) e alimento para animais domésticos (0,39% para 1,29%).

 

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host