UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/02/2010 - 11h03

Álcool já está quase 15% mais caro neste ano

SÃO PAULO – O preço do álcool já subiu quase 15% neste ano, por isso, os motoristas devem ficar de olho ao abastecer seus carros, principalmente quem tem um veículo flex, uma vez que o aumento do preço do combustível tem feito com que a gasolina compense na maioria dos casos.

O maior aumento no preço do combustível aconteceu em Goiânia, onde ele já pesa 17,8% mais no bolso do consumidor. Porto Alegre e São Paulo também apresentaram aumentos expressivos, de 17,45% e 16,55%, respectivamente, no primeiro bimestre do ano.

Por obter o álcool anidro em sua composição, a gasolina também aumenta de preços, como reflexo do encarecimento do derivado da cana-de-açúcar. No acumulado do ano, o motorista já paga 1,98% para abastecer com gasolina.

Em Salvador, o aumento de preços do combustível é mais expressivo, de 8,58%. Em São Paulo e Porto Alegre, porém, é de 2,43% e 2,25%, nesta ordem.

Em 12 meses

No período de 12 meses finalizados em fevereiro, o álcool combustível já está 29% mais caro, enquanto a gasolina pesa 3,8% mais no bolso do consumidor. Confira o movimento em cada capital na tabela abaixo:

Combustíveis
CapitalGasolinaÁlcool
Rio de Janeiro 4,17% 21,49%
Porto Alegre 2,37% 30,33%
Belo Horizonte 3,13% 23,14%
Recife 0,57% 22,13%
São Paulo 4,18% 36,43%
Distrito Federal 3,26% 17,94%
Belém 1,05% 8,74%
Fortaleza 4,38% 16,42%
Salvador 1,92% 11,23%
Curitiba 5,85% 28,38%
Goiânia 4,22% 22,30%
Brasil 3,79% 29,04%
Álcool x gasolina

Para diminuir os efeitos do aumento do preço do álcool na gasolina, o governo reduziu de 25% para 20%, desde o dia 1º de fevereiro, a proporção de álcool anidro no derivado do petróleo. A medida deve conter a escalada dos preços e garantir o abastecimento do álcool direto ao consumidor.

O uso do álcool, para quem tem carro flex, só compensa se seu preço representar até 70% do cobrado pela gasolina.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host