UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/02/2010 - 18h41

Anatel: problemas de cobrança representam mais de um terço das reclamações

SÃO PAULO - Mais de um terço das reclamações dos consumidores de serviços de celular registradas na Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) em janeiro deste ano se referia a problemas com cobrança.

Segundo a Agência, no mês, foram 60.414 reclamações registradas contra operadoras de celular, das quais 20.864 estão relacionadas à cobrança indevida ou questões relacionadas - o equivalente a 34,53%.

O segundo tipo de reclamação mais comum foi referente a atendimento: 7.704 reclamações ou 12,75% do total. Já as classificadas como serviços adicionais somaram 5.676 (9,39%) e problemas com cancelamento tiveram 3.646 reclamações (6,03%).

Telefonia fixa e TV e internet

Dos protestos feitos contra operadoras de telefonia fixa, que somaram 40.975, 27,52% ou 11.278, referiam-se à cobrança. Com relação às reclamações contra operadoras de TV por assinatura, 31,41% das reclamações eram sobre cobranças, de um total de 6.258 queixas.

Apenas nos serviços de comunicação multimídia (banda larga e serviços de VoIP), a cobrança ficou em terceiro lugar (17,09%) em reclamações. A maioria dos problemas se referiu a reparos - 43,59% das 14.451 queixas, seguidos por problemas de instalação (18,68%).

Outras reclamações

Na telefonia fixa, o problema com reparos foi o segundo mais frequente (25,21%), seguido por atendimento (8,66%) e instalação de acessos individuais (6,39%).

Na TV por assinatura, depois da cobrança, vêm as reclamações de atendimento (17,13%), reparo (16,63%) e cancelamento (10,69%).

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host