UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/03/2010 - 14h37

Planos de saúde odontológicos atingem 11 milhões de usuários em 2008

SÃO PAULO – Mais de 11 milhões de brasileiros possuem planos de saúde exclusivamente odontológicos. O número é de 2008 e faz parte do estudo “Quem é Quem no Mercado de saúde no  Brasil”, da Austin Asis.

Em 2001, apenas 3 milhões de pessoas eram beneficiárias de planos odontológicos, o que representa um crescimento médio anual de 17%. A média do aumento para o setor de planos de saúde em geral é de 3,2%.

“Apesar da forte taxa de crescimento dos planos odontológicos, sua cobertura é baixa, se comparada com os planos médico-hospitalares, com taxa de 5,8% de cobertura para o Brasil”, aponta relatório. A  cobertura dos planos hospitalares é de 21,6%.

Se for considerada apenas as capitais, a taxa é de 11,2% para os planos odontológicos e de 40% para os planos médico-hospitalares.

Abrangência

“Ou seja, apesar do forte crescimento, os planos exclusivamente odontológicos ainda possuem forte potencial de crescimento e cobertura, favorecido pela manutenção da renda, geração de emprego, além de o plano apresentar baixo custo para o trabalhador ou para o empregado”, concluiu o estudo.

A pesquisa destaca que os planos de saúde particulares dependem fortemente do mercado de trabalho, uma vez que cerca de 80% dos beneficiários possuem planos empresariais. Por isso, a manutenção dos níveis de emprego seriam essenciais para garantir a mesma taxa de crescimento vista nos últimos anos para o setor de planos odontológicos.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host