UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/03/2010 - 15h48

Socopa apresenta sua carteira recomendada top picks para o mês de março

SÃO PAULO - A carteira recomendada de top picks da corretora Socopa para março apresenta duas alterações frente ao mês passado: entram os papéis da Duratex e CSN no lugar de Bradesco e Copel. 

Nas palavras da corretora, a troca dos papéis foi efetuada por conta da percepção dos analistas de que possa estar havendo um rearranjo de expectativas em decorrência dos eventos vistos em fevereiro, como a crise de dívidas soberanas na Europa. 

De acordo com a Socopa, novas estratégias devem começar a aparecer neste mês, por isso foram alterados os papéis mais conservadores (Bradesco e Copel) por ações mais agressivas (Duratex e CSN). 

Ibovespa em 70 mil pontos

A corretora revela boas perspectivas para os próximos meses. "Consideramos que os fatores que produziram bons resultados no quarto trimestre de 2009 para as siderúrgicas persistirão nos próximos meses e dado seu peso no Ibovespa, poderemos fechar o trimestre com o índice retornando aos 70 mil pontos", avaliaram os analistas.   

Apesar das boas estimativas para a bolsa paulista, os analistas alertam para uma possível nova onda de aversão ao risco em caso de os eventos de fevereiro se repetirem, inviabilizando o cenário otimista da corretora. Nos mês passado as cinco top picks recomendadas pela Socopa tiveram variação média de -0,81%, performance pior que a tida pelo Ibovespa no período (+1,68%).

Confira a carteira:

Empresa Código Preço-alvo
Duratex DTEX3 Em revisão
CSN CSNA3 Em revisão
Lojas Americanas LAME4 Em revisão
TAM TAMM4 Em revisão
Vale VALE5 Em revisão

Duratex

A Socopa destacou a dimensão da maior empresa do segmento de painéis de madeira reconstituída do hemisfério sul, que ocupa também a sétima posição atuando como fabricante de louças sanitárias.

CSN

Os analistas acreditam que a confortável posição financeira mantida em caixa após a venda de 40% na Namisa coloca a CSN em posição confortável diante de um cenário de retração do crédito no mercado. 

Lojas Americanas

A corretora destacou que a empresa é líder no segmento de comércio eletrônico através da subsidiária B2W. Além disso, a Lojas Americanas oferta crédito pessoal e outros produtos e serviços financeiros através da Financeiras Américas Itaú, parceria com o banco Itaú Unibanco, que tem contribuído positivamente para o resultado consolidado, segundo os analistas. 

TAM

A Socopa ressalta que a TAM é líder do setor aéreo brasileiro e será beneficiada pela valorização do real em seu resultado operacional. "Adicionalmente, acreditamos que os papéis ainda estão descontados". 

Vale

A corretora acredita que a empresa deve se beneficiar do cenário positivo para o setor de mineração nos próximos anos. Ademais, os preços spot do minério de ferro voltaram a patamares elevados no final de 2009, o que na visão da Socopa sinaliza uma posição mais confortável para as mineradoras nas negociações com as siderúrgicas chinesas neste ano.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host