UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/03/2010 - 14h28

Mulheres da classe C são maioria nos principais canais de compras

SÃO PAULO – As mulheres da classe C já representam a maioria dos consumidores nos principais canais de compra no varejo. Segundo o diretor do instituto de pesquisas Data Popular, Renato Meirelles, nas lojas de roupas, supermercados e farmácias, elas são 51% do público consumidor.

“Nos shoppings, há pelo menos 12 clientes mulheres da classe C para cada dez compradores do sexo masculino”, afirma Meirelles.

Esse grupo também representa a maioria dos consumidores que possuem cartão de crédito: enquanto a adoção é de 59% entre os homens, 62% das mulheres são usuárias.

Protagonistas

O Data Popular identificou também que é crescente o número de mulheres que assumem o papel de protagonistas do desenvolvimento econômico do país. Além de cuidar da família, elas ainda trabalham fora e, na classe C, respondem por 37% da massa de renda total – montante que atingirá R$ 158 bilhões neste ano.

“Esse fato está diretamente ligado à independência financeira da população feminina”, avalia o diretor do instituto. Segundo ele, 25% da renda familiar da classe A é proveniente da mulher, enquanto na classe C essa participação é de 41%.

As jovens mulheres também têm importância fundamental no chamado protagonismo feminino. Das 8 milhões de jovens entre 16 e 25 anos na classe C, cerca de 5,5 milhões estão no mercado de trabalho e 2 milhões cursam ou já concluíram a faculdade. “Números como esse demonstram a força que a mulher tem para movimentar nossa economia”, declarou Meirelles.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host