UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

08/03/2010 - 09h30

Número de contribuintes que buscam informações sobre IR na web dobra em março

SÃO PAULO – O número de contribuintes que buscam pela internet informações sobre o Imposto de Renda chega a dobrar entre os meses de março e abril.

O site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br), no qual é possível baixar os arquivos para fazer a Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física, passa a deter 13% da audiência da internet residencial brasileira neste período. No ano passado, a audiência do portal passou de 1,5 milhão em janeiro para 3,3 milhões em março.

“A internet já é o principal canal para declarar o Imposto de Renda, dificilmente o contribuinte faz da forma antiga”, afirmou o analista de Mídia do Ibope//NetRatings, José Calazans.

Neste momento, porém, é preciso ficar em alerta. “A pessoa deve usar a internet porque facilita a vida, mas com segurança. Tenha a mesma atenção que tem com o e-mail, usando com privacidade e acessando o site de computadores que confia”, indicou.

Pela internet

Desde o dia 1º de março, quando começou a temporada de entrega da declaração do IR 2010 (ano-base 2009), a Receita disponibilizou, em sua página na internet, os programas para o preenchimento e transmissão da declaração.

O programa IRPF 2010 pode ser utilizado em qualquer sistema operacional, desde que obedecidas algumas instruções, entre elas, a da instalação da Máquina Virtual Java (JVM), versão 1.6 ou superior, pois o programa não pode ser executado sem ela.

Sobre o Receitanet, programa para a transmissão dos dados, de acordo com a Receita Federal, entre os benefícios de se utilizar a ferramenta estão a segurança, facilidade e praticidade; redução de custos; e atendimento mais eficiente.

Pelo Receitanet, as declarações podem ser transmitidas diariamente das 5h a 1h do dia seguinte (20 horas diárias). Entre 1h e 5h, o sistema fica indisponível. A temporada de entrega da declaração termina em 30 de abril.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host