UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

08/03/2010 - 15h00

Público feminino adquire planos de previdência mais cedo que os homens

SÃO PAULO – Na hora de se preocupar com o futuro, as mulheres saem na frente e adquirem planos de previdência mais cedo que os homens, segundo estudo realizado pela Brasilprev Seguros e Previdência.

De acordo com os dados, entre as mulheres clientes da companhia, 44% têm até 30 anos de idade, enquanto que entre os homens esse percentual cai para 37,4%.

Apesar disso, o tíquete médio dos planos femininos ainda é 18,64% menor do que o dos homens, já que elas investem cerca de R$ 192 contra R$ 236 deles.

Perfil da investidora

Ainda conforme o estudo da Brasilprev, o interesse das mulheres por planos de previdência tem crescido nos últimos anos, sendo que, atualmente, elas representam 43% dos 1,19 milhão de clientes da companhia.

Além disso, ainda que menor, a contribuição média mensal feminina vem crescendo mais que entre os homens. Nos anos de 2007 e 2008, o percentual de crescimento entre elas foi de 4,3%, um ano depois já havia pulado para 7,7%. Nos mesmos intervalos, contudo, o aumento da contribuição masculina foi de 1,8% e de 4,9%.

No que diz respeito ao perfil da investidora, o levantamento mostra que 56,2% são solteiras; 48,5% optam pela modalidade VGBL; e 53,2% escolhem o modelo de tributação regressiva, o que demonstra que elas tendem a ser mais fiéis aos planos do que eles, cujo percentual neste quesito é de 49,3%.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host