UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/03/2010 - 14h30

Confiança dos consumidores eleva em 11% o consumo em supermercados

SÃO PAULO – O consumidor paulista iniciou o ano comprando mais em supermercados. Em janeiro, as vendas nesses estabelecimentos ficaram 11,31% maiores na comparação com janeiro de 2009, quando os efeitos da crise na economia do País abalaram a confiança dos consumidores.

De acordo com a Apas (Associação Paulista de Supermercados), o aumento do consumo desse segmento deve-se ao crescimento dessa confiança e ao aumento do poder de compra dos consumidores.

Na comparação com dezembro, porém, houve retração de 22,14% no consumo em supermercados paulistas.

Economia aquecida

Para a associação, o resultado mostra que a economia está aquecida. A recuperação ocorre desde abril do ano passado, quando, na comparação anual, o consumo cresceu 20,07%. Julho e outubro também registraram picos de aumento do consumo, de 8,31% 9,49%, na ordem.

“O consumidor confia na retomada da economia brasileira e os supermercados contribuem negociando os melhores preços com seus fornecedores”, comentou, por meio de nota, o presidente da Apas, João Sanzovo Neto.

Quando comparado a janeiro de 2008, o consumo em supermercados em janeiro deste ano foi 8,84% maior, descontado o IPS (Índice de Preços dos Supermercados). Descontando o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), o aumento nesse mesmo período foi de 6,42%.

Preços subiram 0,67% em fevereiro

No último mês, o aumento dos preços dos alimentos influenciaram a alta de 0,67% dos preços de itens de supermercados, de acordo com o IPS. Em janeiro, a alta foi de 1,05%.

No segundo mês do ano, somente os preços dos alimentos subiram 0,77%, influenciados pelos aumentos dos preços dos protéicos (carnes, cereais e leite), que alcançaram 1,43%; e dos hortifrutigranjeiros, 2,35%.

Nos últimos 12 meses, o IPS registra alta de 0,99%, enquanto que no acumulado do ano a variação é de 1,73%.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host