UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/03/2010 - 19h23

Fundos de bonds de emergentes têm melhor captação em 10 anos

SÃO PAULO – Fundos de bonds parecem ser um dos principais temas da indústria de fundos no início de 2010. De acordo com a EPFR Global, que monitora o mercado de fundos, esse segmento de fundos de renda fixa acumulou mais uma performance positiva na semana terminada em 10 de março.

Ignorando preocupações sobre a dívida soberana de alguns países, os fundos de alto yield e os fundos de bonds de mercados emergentes captaram mais de US$ 1 bilhão na semana, o melhor resultado desde o início do monitoramento desses grupos, há mais de uma década. Com o resultado, os fundos de emergentes já acumulam entradas de capital de US$ 5 bilhões.

Os fundos de bonds globais, por sua vez, tiveram sua 47ª semana de captação positiva. Já os fundos de bonds norte-americanos absorveram mais de US$ 2 bilhões pela sétima vez em nove semanas, marcando sua 62ª semana de fluxo positivo. Vale mencionar que grande parte do capital foi destinada para fundos com aplicações em dívida de curto prazo.

Emergentes

Outro tema recorrente são os fundos de mercados emergentes, que estenderam seu rali no período, refletindo o otimismo sobre o preço das commodities e as exportações. Os quatro grupos de fundos emergentes acompanhados pela EPFR tiveram fluxo de capital positivo – os fundos asiáticos (exceto Japão), por exemplo, registraram sua melhor semana desde novembro.

O cenário também se mostrou positivo para os fundos dos BRICs (Brasil, Rússia, Índia e China), nos quais os aportes de capital superaram as retiradas pela 4ª semana consecutiva. Os fundos de ações chineses, por sua vez, tiveram a segunda semana de captação positiva no ano, com as preocupações acerca de um aperto monetário em segundo plano.

Europa estende perdas

Os fundos de ações europeus, por outro lado, tiveram mais uma semana de desempenho ruim – é a quarta semana na qual esse grupo é o único entre os mercados desenvolvidos a registrar saídas de capital. No ano, os fundos de mercados desenvolvidos já acumulam fluxo negativo de US$ 8 bilhões – uma melhora das retiradas de US$ 55,6 bilhões vistas no mesmo período de 2009.

Já os fundos de ações japoneses e dos EUA deram continuidade ao bom desempenho recente, registrando captação positiva pela 11ª e 4ª semana consecutiva, respectivamente. Para os fundos do país asiático, esse é o melhor rali desde 2006, enquanto para os norte-americanos, é o mais longo período de fluxo positivo desde 2008.

Os fundos de ações globais, por fim, captaram US$ 1,2 bilhão no período, se beneficiando da recuperação dos mercados de renda variável globais.

Setores

O segmento de consumo se destacou nos primeiros dias de março como principal destino dos investidores entre os fundos setoriais, com captação de US$ 1,76 bilhão no ano até a data. Os fundos ligados a commodities, apesar de terem melhorado o seu desempenho e conseguido fechar a semana com fluxo positivo, continuam registrando saída de capital no acumulado de 2009.

Os fundos do setor financeiro, por sua vez, tiveram o pior desempenho em termos de captação na semana. Da mesma forma, os fundos do setor de energia também acumularam fluxo de capital negativo no período.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host