UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/03/2010 - 12h36

Taxação maior sobre trigo dos EUA não deve encarecer pão, diz líder do PDT

SÃO PAULO – O líder do PDT no Senado, Osmar Dias (PR), afirmou, em resposta à oposição, que o possível aumento da taxa de importação do trigo norte-americano não deve encarecer o pão.

A majoração do imposto acontecerá como forma de retaliação do Brasil aos Estados Unidos, direito concedido pela OMC (Organização Mundial do Comércio) devido ao fato de o país ter dado subsídios ilegais aos produtores de algodão norte-americanos.

“O governo brasileiro já deveria ter feito essa retaliação, uma vez que há produtores do País que sequer conseguiram vender o que foi produzido na safra passada”, afirmou.

Estoques x preços

De acordo com Dias, somente no Paraná, cerca de 800 toneladas de trigo colhidas na safra passada não foram vendidas.

“Não vai aumentar o preço do pão porque há estoque, e é um erro a oposição afirmar isso”, disse, segundo a Agência Brasil, após reunião da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária.

“Mesmo já tendo trigo estocado, o governo continua dando vantagens à importação, apesar de já haver muitos moinhos entupidos de trigo argentino, canadense e norte-americano”, acrescentou.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host