UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/03/2010 - 13h32

Bradesco Corretora reduz preço-alvo de ações preferenciais da Telesp

SÃO PAULO - A Bradesco Corretora reduziu o preço-alvo das ações preferenciais da Telesp (TLPP4), incorporando os resultados do quarto trimestre e perspectivas mais conservadoras sobre a empresa, por conta de uma preocupação com as margens e da maior competição no setor.

As projeções da corretora para a cotação dos papéis da companhia de telefonia foram diminuídas para R$ 49,00, ante R$ 57,50.

Aspectos negativos

A Bradesco demonstra preocupação com o declínio das operações de telefonia fixa da Telesp, que estaria comprometendo a geração de lucro da empresa. Nos últimos dois anos, a corretora informa que as margens foram pressionadas por esse declínio, aliado a um aumento da competitividade e ao investimento em negócios de margens menores, como banda larga e televisão paga.

A corretora avalia ainda que apesar de considerar que as ações da Telesp operam com valor descontado ante concorrentes internacionais, não existe um fator que impulsione a empresa a superar essa diferença. A maioria dos rivais estrangeiros também possuem operações de telefonia móvel, favorecendo perspectivas de crescimento, o que não acontece com a Telesp.

Dividendos atrativos

Entretanto, a Bradesco avalia que a Telesp teve o melhor desempenho do setor em termos de dividendos. No fim de abril, a empresa submeterá à aprovação dos acionistas o pagamento de perto de US$ 1,2 bilhão (R$ 2,50 por ação) nesses proventos, referentes ao exercício de 2009.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host