UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/03/2010 - 16h41

Brasil atinge mais de 176 milhões de números de celulares em fevereiro

SÃO PAULO – No segundo mês de 2010, o Brasil alcançou mais de 176 milhões de acessos de telefonia móvel, de acordo com dados da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), divulgados nesta quinta-feira (18). Ao todo, existem 176.771.038 linhas celulares no País.

De acordo com os dados, desse total, 82,54% são de pré-pagos, o que totaliza mais de 145 milhões de aparelhos. O restante, 30,8 milhões, é de números pós-pagos. Agora, a cada 100 habitantes, 91,87 têm um número de celular.

Entre janeiro e fevereiro, o crescimento do número de acessos foi de 0,59%. O avanço no segundo mês do ano é o segundo maior da série histórica, atrás apenas de fevereiro de 2008.

Aumentos

Considerando as regiões, a Norte foi a que apresentou o maior incremento no número de linhas no mês passado, de 1,30%, seguida da região Nordeste (1,04%), Sul (0,59%), Centro-Oeste (0,45%) e Sudeste (0,30%).

A região Centro-Oeste, apesar de ter registrado o segundo menor aumento no mês passado, é a que apresenta o maior número de celulares a cada 100 habitantes. Ao todo, são 110,45 acessos na região. O Sudeste apresenta teledensidade de 103,6 linhas por 100 habitantes. Na região Sul, a teledensidade foi de 96,57 linhas em fevereiro; no Norte, de 73,02; e no Nordeste, de 72,6.

Entre as unidades federativas que registraram os maiores crescimentos no número de acessos entre janeiro e fevereiro deste ano, o destaque é o Maranhão, cujo aumento foi de 1,71%. No estado da região Nordeste, a cada 100 habitantes, 45,92 são assinantes da telefonia móvel. Em 12 meses, o estado apresentou um incremento de 28,77% no número de acessos.

O Amazonas também registrou crescimento elevado no número de acessos no mês passado, de 1,60%. Em fevereiro, o estado alcançou uma densidade de 76,16 acessos por 100 habitantes.

Estados como o Tocantins, Pará e Piauí também constam entre os que mais registraram aumentos mensais no número de acessos, de 1,47%, 1,45% e 1,37%, nesta ordem. Considerando o número de linhas a cada 100 habitantes, essas regiões alcançaram as seguintes densidades: 78,8, 66,49 e 59,2, respectivamente.

Operadoras

Quanto à participação das operadoras no mercado de telefonia móvel, a Vivo continua liderando, com 29,93% do total dos acessos, que somaram 52,904 milhões no mês passado. Em segundo lugar, aparece a Claro, com 25,5% do mercado ou 45,071 milhões de números.

No ranking ainda estão TIM e Oi, com 23,65% e 20,56% de participação, respectivamente. A TIM detém 41,798 milhões de linhas, ao passo que a Oi representa 36,341milhões de acessos. CTBC, Sercomtel e Unicel representam 0,31%, 0,05%b e 0,01% do mercado de telefonia móvel, nesta ordem.

Considerando a tecnologia móvel, a maioria (88,46%) é GSM.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host