UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/03/2010 - 09h01

Em fevereiro, número de cheques devolvidos é o menor desde março de 1997

SÃO PAULO – A inadimplência com cheques registrou, em fevereiro de 2010, o menor patamar desde março de 1997. De acordo com o Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundo, a inadimplência ficou em 1,85% no segundo mês do ano.


O indicador, divulgado nesta quinta-feira (18), mostra que a devolução de cheques ocorrida no mês passado ficou estável na comparação com o mês de janeiro (1,85%) e menor (1,87%) do que a registrada em dezembro de 2009. Na comparação com fevereiro do ano passado, os números também são positivos, já que no segundo mês de 2009 o índice era de 2,32%.

De acordo com os analistas da Serasa, o menor número de cheques devolvidos é consequência do crescimento econômico, em especial o registrado a partir do segundo semestre de 2009, que vem aumentando os níveis de emprego e de renda da população.

Alternativa

Segundo os analistas, o cheque pré-datado foi alternativa para o varejo durante a crise econômica, já que a oferta de crédito estava menor. Porém, tendo em vista a normalidade do mercado de crédito para o consumidor, houve uma redução do uso do cheque como forma de pagamento e financiamento (o pré-datado).

Ao todo, 1,607 milhão de cheques foram devolvidos no mês passado e 86,692 milhões foram compensados.

Na comparação com fevereiro de 2009, tanto o número de cheques emitidos como o de devolvidos foi menor. Naquele mês, 94,392 milhões de cheques foram compensados e 2,194 milhões, devolvidos.

Frente a janeiro deste ano, também houve queda, já que no primeiro mês de 2010, 1,673 milhão de cheques foram devolvidos e 90,587 milhões, compensados.

 

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host