UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/03/2010 - 10h09

Reflexo da força do real, Big Mac brasileiro é o terceiro mais caro do mundo

SÃO PAULO – O Big Mac - famoso lanche da rede Mc Donald´s – reforçou sua posição entre os mais caros do mundo no Brasil, ficando à frente inclusive daquele vendido nos Estados Unidos, berço do sanduíche.


De acordo com o Big Mac Index, medido pela revista britânica The Economist, o sanduíche nos Estados Unidos custa US$ 3,58, o que confere ao país a oitava posição entre os lanches mais caros do mundo.

O Brasil não está incluído na lista (veja no quadro abaixo) divulgada nesta quarta-feira (17). Porém, tendo em vista que o sanduíche no país custa R$ 8,75, seu preço em dólares fica em US$ 4,97 (com base na cotação de fechamento em 16/03), atrás apenas da Noruega (US$ 6,87) e da Suíça (US$ 6,16).

Depois do Brasil, aparecem na lista a Zona do Euro (US$ 4,62), o Canadá (US$ 4,06), a Austrália (US$ 3,98), a Hungria (US$ 3,75) e a Turquia (US$ 3,71). 

Índice

Pelos dados desta edição do índice, o yuan chinês continua desvalorizado frente ao dólar norte-americano. Para se ter uma ideia, o Big Mac no país custa US$ 1,83. De acordo com a The Economist, o índice sugere que a moeda chinesa está 49% abaixo de seu valor justo.

O episódio remete, segundo economistas, à década de 1980, quando a depreciação do yen ajudou a reduzir o déficit comercial dos Estados Unidos com o Japão. Confira, na tabela abaixo, quais são os países com o Big Mac mais barato do que o norte-americano:

Big Mac Index

Março de 2010 
País Preço
Japão US$ 3,54
Inglaterra US$ 3,48
Coreia do Sul US$ 3,00
Emirados Árabes Unidos US$ 2,99
Polônia US$ 2,86
Arábia Saudita US$ 2,67
México US$ 2,56
África do Sul US$ 2,44
Rússia US$ 2,39
Egito US$ 2,37
Taiwan US$ 2,36
Indonésia US$ 2,28
Tailândia US$ 2,16
Malasia US$ 2,12
China US$ 1,83

Histórico

Em janeiro do ano passado, a valorização do dólar frente ao real havia colocado o Brasil como um dos países com o Big Mac mais barato do que no próprio Estados Unidos. Depois de seis meses, porém, o cenário reverteu.

Naquela época, o sanduíche vendido no Brasil estava cotado a US$ 4,02, ante US$ 3,39 em janeiro passado. Já o norte-americano estava valendo US$ 3,57, ante um valor de US$ 3,54 no primeiro mês de 2009. A edição deste mês somente reforça a posição brasileira. 

O índice da revista é baseado na teoria da Paridade do Poder de Compra (PPP, na sigla em inglês), que compara o valor de diversos produtos em países diferentes. A cesta da revista contém apenas um produto: o Big Mac, cujo valor em diversas nações é convertido em dólar.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host