UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/03/2010 - 12h42

Analistas divergem sobre valores da relação de troca de Brasil Telecom e Oi

SÃO PAULO – A Brasil Telecom (BRTO4) e a Oi (TMAR3) divulgaram nota sobre a nova relação de troca das ações diante da fusão, com o seguinte cálculo: cada ação ordinária da BrT corresponderá a 0,3955 ação ordinária da Oi, ao passo que cada ativo preferencial da Brasil Telecom corresponderá a 0,2191 ação preferencial classe C da Oi.

Em meio ao cenário, a InfoMoney questionou analista da Votorantim Corretora, perguntando seus olhares em relação a justiça do valor proposto.

Justo...

“O valor foi bem honesto”, afirma Daniella Maier, da Votorantim Corretora, em referência ao estudo feito pelo Credit Suisse para chegar à relação de troca, o qual calculou todos os impactos dos contingentes.

A despeito da justiça revelada, a relação de troca ainda precisa ser aprovada em assembléia, o que poderá gerar discussões em torno dos valores e, em decorrência, um maior ônus das contingências sobre a Oi, conforme listado por Maier.

...ou não

Por outro lado, analista de um banco internacional que não pôde se identificar resumiu seu viés diante da relação de troca: “dá uma olhada no mercado, o quanto as ações da Oi estão caindo, e ai já da para perceber se a relação de troca é justa ou não”.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host