UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/03/2010 - 09h36

Entrada de novos clientes tem elevado juros médios praticados no mercado

SÃO PAULO – Os presidentes do Banco do Brasil, Aldemir Bendine, e da CEF (Caixa Econômica Federal), Maria Fernanda Coelho, afirmaram que a entrada de novos clientes no mercado de crédito tem elevado o risco das operações, o que leva ao aumento das taxas de juros praticadas.

“Não temos a história dos novos clientes. Por isso, oferecemos juros mais altos para eles do que para quem tem um histórico de relacionamento com a instituição”, disse a presidente da Caixa, segundo a Agência Brasil, após reunião com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, na quarta-feira (24).

O encontro foi marcado para avaliar o comportamento do crédito e, na ocasião, os presidentes das instituições criticaram o ranking diário divulgado pelo Banco Central, que apontou para um aumento nos juros médios cobrados pelo Banco do Brasil e a CEF.

Mínima e máxima

A justificativa dada para o aumento foi que a metodologia do BC leva em consideração apenas taxas médias cobradas nas linhas de crédito.

“É a taxa média que leva à distorção. Dependendo do dia, a base de comparação está diferenciada porque, se mais clientes do tipo A [com risco menor] pegarem empréstimos, a taxa média cai. Se for o contrário, os juros aumentam na média”, ressaltou Maria Fernanda.

Por isso, eles sugeriram ao BC que passe a apurar os juros mínimos e máximos. “Essa é uma reivindicação não apenas das instituições oficiais, mas de todos os bancos públicos e privados. É importante esclarecer que não somos contra a divulgação do ranking, mas apenas queremos ajustes na metodologia”, disse Bendine.

Outro assunto abordado foi a possível elevação da Selic pelo Copom (Comitê de Política Monetária) e, em relação a isso, ambos os presidentes dos bancos disseram que, no caso de um aumento da Selic – juro básico da economia -, as instituições devem subir os juros praticados aos clientes, o que seguirá critérios técnicos, com base no reflexo da decisão em suas carteiras de crédito.

Calendário

Bendine e Maria Fernanda confirmaram que o PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento – fase 2) deverá ser lançado na próxima segunda-feira (29) e que os bancos terão papel importante na ampliação do crédito, principalmente no setor habitacional.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host