UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/03/2010 - 14h15

Levantamento revela como estão distribuídos os condomínios em São Paulo

SÃO PAULO - Na cidade de São Paulo, 55,6% dos prédios considerados de alto padrão estão nas regiões de Moema (Campo Belo, Ibirapuera, Vila Nova Conceição, Santo Amaro e parte do Itaim) e dos Jardins (Jardim Paulista, Jardim Paulistano, Jardim América, Jardim Europa, Cerqueira César, Bela Vista, parte de Pinheiros e do Itaim). O dado foi apontado por levantamento da administradora Lello com 22 mil condomínios residenciais da capital paulista.

Somente no Jardins, estão 32,2% dos condomínios de alto padrão, aqueles em que o valor mensal pago pelos moradores ultrapassa R$ 1.100.

Já na região de Moema estão 23,4% desses prédios, seguida por Morumbi (Panamby, Vila Sônia e Vila Andrade), com 13%, e pela região da Vila Mariana (Liberdade, Cambuci, Saúde, Cursino, Jabaquara e parte do Ipiranga), com 6,9%.

Em outras regiões, como a do Tatuapé (Vila Carrão, Vila Formosa, Penha, Vila Matilde, Aricanduva e Sapopemba), estão 2,7% dos prédios de alto padrão da capital paulista, enquanto a área da Mooca (Pari, Brás, Belém, Vila Prudente, Sacomã e parte do Ipiranga) concentra 1,9% e a de Santana (Vila Guilherme, Freguesia do Ó, Limão, Casa Verde, Vila Maria, Vila Medeiros, Jaçanã, Mandaqui e Tremembé), 1,5%.

Tipo clube

A região de Perdizes é líder quando se trata de condomínios do tipo clube, em que há mais de 100 apartamentos, mensalidade superior a R$ 400 e serviços como espaço gourmet, child care e garage band. A área possui 22% desse tipo de empreendimento.

A região dos Jardins vem em segundo lugar, com 21,5% dos condomínios-clube, seguida por Moema (18,5%), Morumbi (12,5%), Vila Mariana (11,5%), Mooca (5%), Tatuapé (4,5%) e Santana (4,5%).

Grande conjuntos

A Vila Mariana lidera o ranking quando se trata de condomínios de grandes conjuntos, que são aqueles que tem três ou mais torres, mais de 100 apartamentos e condomínio entre R$ 150 e R$ 400. A região tem 18,8% do total desse tipo de condomínio, seguida pelas áreas do Jardins (18%), Santana (10,7%) e Perdizes (9,9%).

Clássicos

Os condomínios considerados clássicos, que são aqueles com até 100 apartamentos e mensalidade entre R$ 250 e R$ 1.100, predominam na região de Perdizes, onde estão 24,5% desse tipo de empreendimento. Aparecem em seguida Vila Mariana, com 19%, Jardins, com 17,4%, e Santana, com 8,8%.

"Os condomínios clássicos ainda predominam na cidade, mas, nos últimos anos, as incorporadoras privilegiaram a segmentação dos empreendimentos, exigindo formas de administração diferenciadas conforme o perfil de cada construção", afirmou a gerente de Marketing da Lello Condomínios, Angélica Delgado Arbex.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host