UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/03/2010 - 08h00

Brasileiros dizem não usar mobile payment e banking por falta de confiança

SÃO PAULO – O principal motivo para os brasileiros não usarem o mobile payment e o mobile banking é a falta de confiança e de segurança, apontou pesquisa da Acision, realizada pela Teleco.

O mobile banking permite a consulta de saldos e movimentação de contas do banco pelo aparelho celular. De acordo com os dados, em relação a esta funcionalidade, 59% dos entrevistados disseram que não usariam por não ter confiança nem segurança.

Outros 15% afirmaram acreditar que o aparelho poderia ser clonado, enquanto 11% responderam ter medo de serem roubados e de descobrirem a senha no celular. A pesquisa ainda apontou que 8% creem que isso pode aumentar a conta ou fazer com que se gaste mais crédito.

Acesso ao banco

Um total de 7% dos entrevistados afirmou que não usaria o mobile banking, porque prefere ir diretamente ao banco, enquanto 12% simplesmente não possuem conta em banco.

“Na África, o celular está sendo usado por quem não tem conta em banco, para fazer uma transação financeira”, afirmou o presidente da Teleco, Eduardo Tude, em relação à nova função do aparelho celular no mundo: de dar acesso a serviços bancários a quem não possui conta.

“Você não tem conta em banco, mas pode usar uma facilidade que os bancos oferecem”, destacou o diretor de Vendas da Telepim, Dragos Regalie.

Cartão de crédito ou débito

Em relação ao uso do aparelho celular como cartão de crédito e débito, os mesmos tópicos foram citados, sendo que 53% responderam que não acham seguro e 15%, que vai aumentar o roubo de celulares.

Outros 10% disseram que não usariam a ferramenta porque, em caso de furto/roubo, não sabem se o bloqueio seria imediato, enquanto 9% não possuem conta em banco, 6% preferem ir ao banco e 6% usam o aparelho apenas para se comunicar.

Um total de 7% não usaria o celular como forma de pagamento porque acredita que isso iria aumentar a conta ou o gasto com crédito. De acordo com Regalie, isso não é verdade, porque a própria operadora pode colocar um limite ao cliente. “Pode-se colocar mínimo e máximo de transações ou limite diário ou mensal para transação”, exemplificou.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host