UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/03/2010 - 13h02

Brasileiros do Sudeste foram os que mais sentiram a alta do açúcar em fevereiro

SÃO PAULO - Os brasileiros que moram na região Sudeste do País foram os que mais sentiram a alta no preço do açúcar entre janeiro e fevereiro deste ano, segundo aponta estudo realizado pela GfK, empresa especializada em pesquisa.

De acordo com levantamento, o preço do produto na região subiu 14,32% em um mês, 4,65 pontos percentuais acima da média nacional, cujo acréscimo foi de 9,67%. A região Centro-Oeste apresentou a segunda maior elevação, de 13,67%, seguida pelas regiões Sul (11,09%), Nordeste (7,74%) e Norte (2,98%).

Estado

Nos últimos 12 meses, o preço do açúcar já acumula alta de 53,3%, sendo que o gasto médio mensal familiar era de R$ 13,36 no segundo mês deste ano. Para o gerente de serviços ao cliente da GfK, Márcio Nardi, com o aumento das vendas para o exterior, os produtores voltaram a praticar preços mais elevados.

No detalhamento por localidade, a principal variação do preço do açúcar, entre janeiro e fevereiro, foi na Grande Belo Horizonte, que apresentou alta de 21,02%. Recife, por sua vez, apresentou a menor variação de preços no período, de 16,17%, e Salvador registrou o recuo mais acentuado no preço, conforme tabela a seguir:

Preços do açúcar

Região Jan/2010 x Fev/2010
Grande Belo Horizonte 21,02%
Santa Catarina 18,69%
Grande Rio de Janeiro 16,95%
Brasília 16,35%
Recife 16,17%
Grande São Paulo 16,10%
Fortaleza 15,46%
Interior do Paraná 14,24%
Goiânia 12,77%
Interior de São Paulo 11,43%
Curitiba 10,15%
Campo Grande 9,77%
Interior do Rio Grande do Sul 9,74%
Grande Porto Alegre 8,76%
Interior de Minas Gerais 1,36%
Natal estabilidade
Maceió estabilidade
João Pessoa estabilidade
Grande Vitória -1,81%
Cuiabá -3,54%
Salvador -4,46%

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host