UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/03/2010 - 13h45

Governo diminui alíquota de IPI de alguns móveis de 10% para 5% a partir de abril

SÃO PAULO – O benefício do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para o setor moveleiro termina no próximo dia 31 de março. Entretanto, segundo nota publicada no site do Ministério da Fazenda, as alíquotas de alguns produtos não voltarão aos patamares anteriores.

Isso porque, a partir de abril, a alíquota do IPI para móveis será de 5% para todos os produtos. Dessa forma, itens que antes da redução sofriam incidência de 10% terão a alíquota reduzida para o novo valor.

A medida atinge, por exemplo, os móveis estofados, os painéis de madeira (incluindo madeira maciça), aglomerados de madeira e placas laminadas. O decreto com a especificação dos novos valores do IPI será publicado até dia 31 de março.

Desoneração

A redução do IPI para o setor de móveis foi anunciada pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, no dia 25 de novembro e termina no próximo dia 31 de março.

A medida, que reduziu a incidência do imposto para zero, beneficiou móveis de madeira, aço, plástico e placas de madeira usadas para a construção de móveis.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host