UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/03/2010 - 13h15

Motos foram responsáveis por 48% das indenizações pagas pelo Dpvat em 2009

SÃO PAULO – No ano passado, as motos foram responsáveis por 48% do total de R$ 1,9 bilhão em indenizações pagas pelo Dpvat (Seguro Obrigatório), de acordo com a Seguradora Líder dos Consórcios do Seguro Dpvat, que administra o seguro obrigatório.

Em 2009, 256 mil vítimas foram indenizadas pelo seguro. E, embora o número de motos que circulam nas vias do País represente apenas 25,5% do total da frota, elas responderam pelo maior número de vítimas indenizadas, 57% do total.

Considerando todas as categorias de veículos, o número de indenizações aumentou 5,7% no ano passado, frente a 2008, quando mais de 272 mil vítimas receberam o seguro obrigatório. Com relação ao valor pago, o montante é 28,8% maior que o verificado no ano anterior (R$ 1,475 bilhão).

Indenizações e motos

De acordo com o balanço, ao todo, 53.052 indenizações por óbito foram pagas no ano passado. E, ainda nesse segmento, as motos são destaque, por responder por 34% desse tipo de indenização, o equivalente a 16.974 indenizações.

Em valores, o Seguro Obrigatório pagou R$ 828,6 milhões por conta de mortes no trânsito, dos quais R$ 278 milhões referem-se às motocicletas.

As despesas com indenizações por invalidez permanente alcançaram os R$ 881 milhões, desembolsados para pagar 118.021 indenizações. As motos também foram destaque, pois elas representaram 65% desse tipo de indenização.

Outros dados

Ainda segundo o balanço, considerando as despesas médicas, foram pagas 85.399 indenizações, contra 125.413 pagas em 2008 – uma queda de 31,9%. O montante pago para quitar essas despesas alcançou R$ 98 milhões no ano passado.

De acordo com balanço da Líder, 73% das indenizações do Dpvat foram pagas a pessoas com idade entre 16 e 45 anos, ou seja, elas se concentram entre a população economicamente ativa. 

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host