UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/04/2010 - 18h03

Fundos terão novas regras em 2011 para dar mais transparência ao investidor

SÃO PAULO – Os fundos de investimento contarão com novas regras a partir de 2011, o que está sendo discutido entre a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e representantes do mercado.

Até junho deste ano, será colocada em audiência pública a revisão de determinados pontos da Instrução 409, que trata da regulação dos fundos de investimento. O objetivo da reforma é atender uma necessidade que surgiu da evolução das práticas de mercado.

“O que pretendemos, com a reforma da instrução, é facilitar a vida do investidor na hora de escolher o produto financeiro que ele vai comprar”, disse a superintendente de Desenvolvimento de Mercados da CVM, Luciana Dias.

Informações mais claras

Um dos objetivos será melhorar a transparência das informações sobre despesas e taxas cobradas dos investidores, por meio de um informe mais detalhado do que o concedido atualmente. A CVM encontrou taxas de administração de até 11% ao ano nos fundos.

Para isso, haverá padronização do material distribuído para venda de fundos. “O prospecto simplificado deve esclarecer as principais informações sobre um fundo e facilitar a comparação entre os diversos fundos. Assim, o investidor vai poder fazer uma melhor decisão”, destacou Luciana.

Além dessas mudanças, a reforma deverá estabelecer diretrizes para a adequação de prazos de carência para resgate em relação à liquidez dos ativos que tais fundos investem, o que é interessante em um cenário de juros mais baixos e consequente migração para ativos menos líquidos em busca de rentabilidade maior.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host