UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/04/2010 - 13h09

Gastos com alimentação entre os brasileiros foram praticamente iguais em 2009

SÃO PAULO – Os consumidores de todas as regiões do País gastaram, em média, R$ 1.419 per capita com alimentação no domicílio no ano passado. De acordo com dados do Ibope Inteligência, os gastos com esse item são quase homogêneos em todo o País.

Outro grupo de produtos cuja diferença dos gastos dos consumidores é pequena é higiene. No ano passado, do ponto de vista regional, os consumidores gastaram R$ 232 per capita com produtos desse segmento.

Diferenças

De acordo com os dados, as maiores diferenças de gastos ocorrem com bebidas, cujo consumo médio é de R$ 98 per capita. O menor valor foi encontrado no Nordeste, onde o gasto com esse produto ficou em R$ 47,75. Já no Sudeste, os consumidores gastaram mais: R$ 131,31.

Os dados revelam ainda que também existem grandes diferenças por região com gastos com matrículas escolares. Na região Norte, os consumidores gastam R$ 77. Já no Sudeste, a matrícula pode ser de R$ 340. Na média, esse item pesa R$ 248 no bolso do brasileiro.

Considerando os estados, os dados revelam que produtos para casa e alimentos enchem os carrinhos dos paulistas, ao passo que artigos de limpeza são os preferidos dos consumidores do Paraná. Os cariocas gastam mais com bebidas e os gaúchos, com medicamentos.

Classes sociais

Segundo o Ibope, alimentação não é o grupo mais consumido pelas classes mais abastadas da população. De acordo com os dados, as classes A e B representam 32% da população, mas absorvem 55% do consumo nacional de todos os segmentos, exceto alimentação.

Esse grupo tem forte presença no carrinho de compras dos consumidores da classe C, que tem nos itens de mercearia, carnes e derivados seus produtos favoritos, ao lado de vestuário infantil e calçados femininos.

Os consumidores da classe A preferem mesmo acessórios, como malas, bolsas e cintos, e brinquedos. E os consumidores da classe B investem em produtos de beleza, malas, bolsas, cintos, água mineral, sucos, refrigerantes, brinquedos e bebidas fermentadas.

Nova ferramenta

Os dados do Ibope foram obtidos por meio de uma nova ferramenta da entidade lançada na última semana. O Pyxis 2010 apresenta informações sobre o consumo de diversas categorias de produtos em todo o País e tem uma base de dados que apresenta o potencial de consumo por grupo de produtos e por classe social.

De acordo com o diretor de geonegócios do Ibope Inteligência, a ferramenta auxiliará na orientação dos negócios de empresas. “O empresário agora conta com uma ferramenta confiável para saber onde está pisando e como ele deve se encaixar na realidade do seu mercado”.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host