UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/04/2010 - 08h29

Inadimplência em condomínios recua 13,8% no primeiro bimestre

SÃO PAULO - Os paulistanos estão se esforçando para manter o pagamento do condomínio em dia.

De acordo com dados divulgados nesta quinta-feira (1) pela Lello, empresa que administra cerca de 1,1 mil condomínios da cidade de São Paulo, no primeiro bimestre do ano, a inadimplência em condomínios recuou 13,8%, em relação ao mesmo período do ano passado.

Em janeiro e fevereiro, os boletos com atraso superior a 30 dias representaram 3,75% do total emitido, contra 4,35% em 2009.

Segundo a Lello, na comparação com o último bimestre do ano passado, que teve 4,9% de inadimplência, a queda foi de 23,4%.

Lei do protesto

Conforme concluiu a Lello, o maior pagamento de condomínios em atraso é reflexo da recuperação econômica observada no ano passado, que elevou o padrão financeiro das famílias.

Além disso, a empresa atribui à lei estadual que permite inscrever condôminos inadimplentes em serviços de proteção ao crédito, em vigor desde de 2008, uma boa parcela da responsabilidade pela redução nos índices.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host