UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

09/04/2010 - 11h47

Índice do custo de vida em SP desacelera para 0,47% em março

SÃO PAULO - O ICV (Índice de Custo de Vida) da cidade de São Paulo apresentou variação de 0,47% em março, taxa 0,12 ponto percentual menor do que a apurada em fevereiro.

Os dados, divulgados nesta sexta-feira (9), fazem parte de levantamento mensal realizado pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

No acumulado dos últimos 12 meses - entre abril de 2009 e março de 2010 -, o índice avançou 5,79% e, nos três primeiros meses de 2010, a inflação é de 2,80%.

Segmentos

As grandes pressões inflacionárias do terceiro mês do ano partiram dos grupos Alimentação (1,54%), Saúde (1,25%) e Habitação (0,46%). O grupo Transportes, por outro lado, registrou variação negativa no período, de 1,64%.

De acordo com o Dieese, o aumento dos preços dos produtos in natura e semielaborados (2,41%), a alta na indústria alimentícia (0,98%) e na alimentação fora de casa (0,65%) estimularam a alta do setor de Alimentos, puxando consequentemente o ICV.

No grupo Saúde, a elevação foi reflexo dos aumentos apurados em assistência médica (1,54%) e da estabilidade nos medicamentos e produtos farmacêuticos (0,05%).

Já no grupo Habitação, o aumento foi determinado pelo subgrupo locação, impostos e condomínio (0,89%), influenciado pela alta de 25% do IPTU, que foi distribuído em dez parcelas, com variação de 2,22% ao mês.

Destaques em 12 meses

Em 12 meses, os destaques ficaram com Despesas Pessoais (9,18%), Transportes (7,%), Alimentação (6,38%), Saúde (6,22%) e Educação e Leitura (5,96%).

Os grupos Habitação (5,70%) e Despesas Diversas (5,24%) também registraram aumentos, porém, abaixo da média geral.

O grupo Equipamentos Domésticos (-1,71%) foi o único a registrar taxa negativa.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host