UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/04/2010 - 10h31

Mesmo com juros de crédito estáveis, comportamento varia de banco para banco

SÃO PAULO - A Fundação Procon de São Paulo divulgou, nesta segunda-feira (12), o comportamento dos juros do empréstimo pessoal e do cheque especial de abril.

Na comparação com março deste ano, a taxa média do empréstimo pessoal se manteve em 5,17% ao mês, sem nenhuma alteração pelo sexto mês seguido, considerando os valores arredondados. Sem arredondamentos, é possível verificar leve queda da taxa, que passou de 5,171% para 5,168%.

No caso do cheque especial, a taxa se mantém há quatro meses em 8,79% ao mês, sem alterações, mesmo considerando as taxas arredondadas.

De qualquer maneira, é importante saber que as taxas variam de banco para banco, o que faz com que o gasto com juros seja muito diferente, dependendo da instituição onde o consumidor contrata o crédito.

Comportamento por banco

Caso tomar crédito seja algo inevitável, deve-se ter atenção às variações de cobrança. A menor delas, para cheque especial, ainda pode ser encontrada na Caixa Econômica Federal (6,75% ao mês), enquanto a maior, conforme o Procon, ainda é verificada no Safra (12,30% a.m.).

Na tabela abaixo, é possível traduzir em valores quanto essa diferença representa. Para o cálculo, foi considerado que o cliente utilizou o limite de R$ 950 de sua conta-corrente pelo período de um mês:

Cheque especial por 1 mês*
Banco Taxa mensal

(média/abril)
Gasto total
Safra 12,30% R$ 1.066,85
Santander 9,38% R$ 1.039,11
Real 9,38% R$ 1.039,11
HSBC 9,34% R$ 1.038,73
Unibanco 8,59% R$ 1.031,61
Itaú 8,59% R$ 1.031,61
Bradesco 8,24% R$ 1.028,28
Nossa Caixa 7,65% R$ 1.022,68
Banco do Brasil 7,65% R$ 1.022,68
Caixa Econômica Federal 6,75% R$ 1.014,13
 

*Valor contratado: R$ 950. Utilização: 1 mês

Compilação: InfoMoney (os dados não levam em consideração outros encargos, como IOF - Imposto sobre Operações Financeiras)


Já quando se toma um empréstimo pessoal, a menor taxa também é cobrada pela Caixa Econômica Federal (4,39% ao mês). No Itaú/Unibanco, é encontrada a maior taxa média para essa modalidade de crédito (5,86%). O cálculo a seguir mostra quanto custa emprestar R$ 1,5 mil para pagamento em 12 meses, assim como a variação do custo do dinheiro de banco para banco:

 

Empréstimo em 12 meses*
Banco Taxa mensal

(média/abril)
Gasto total
Itaú 5,86% R$ 2.130,54
Unibanco 5,86% R$ 2.130,54
Real 5,63% R$ 2.103,65
Santander 5,63% R$ 2.103,65
Safra 5,40% R$ 2.076,93
Bradesco 5,34% R$ 2.069,99
HSBC 4,61% R$ 1.986,43
Nossa Caixa 4,48% R$ 1.971,73
Banco do Brasil 4,48% R$ 1.971,73
Caixa Econômica Federal 4,39% R$ 1.961,59
 

*Valor contratado: R$ 1,5 mil. Pagamento em 12 meses

Compilação: InfoMoney (os dados não levam em consideração outros encargos, como IOF - Imposto sobre Operações Financeiras)


Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host